Meio Bit » Baú » Internet » Skype limita compartilhamento a arquivos de no máximo 300 MB

Skype limita compartilhamento a arquivos de no máximo 300 MB

Skype passa a permitir compartilhamento de arquivos offline e o download em vários dispositivos, mas o tamanho está agora limitado a no máximo 300 MB.

06/07/2016 às 13:31

skype

O Skype está modificando a forma como você irá compartilhar arquivos com seus contatos. A partir de agora será possível não só enviar links para seus amigos estando eles online ou não, como poderão baixá-los em diversos dispositivos. Porém, a Microsoft não vai permitir que você envie arquivos muito grandes.

O anúncio das mudanças foi feito ontem. O Skype nunca foi uma ferramenta muito amigável na hora de compartilhar arquivos e ao menos nisso a Microsoft está mexendo agora, de forma a facilitar a vida dos usuários. Agora, no entanto as regras foram flexibilizadas. O usuário poderá enviar um arquivo para seus contatos independente destes estarem online ou não, e eles poderão baixá-los diversas vezes nos dispositivos em que o software estiver instalado. O arquivo será carregado na nuvem e poderá ser baixo assim que seu amigo se conectar e não mais será uma transmissão P2P como vinha sendo feita até então, o que exigia remetente e destinatário ambos online.

Só que nem tudo é festa, a Microsoft entende que subir arquivos pesados para seus servidores não é algo muito saudável e por isso passou a limitar o tamanho dos arquivos. No formato antigo, por ser uma conexão entre usuários com uso zero da nuvem você podia enviar até sua biblioteca completa de filmes educativos se a conexão assim permitisse. Não mais: alinhando-se à redução da oferta de espaço de armazenamento do OneDrive o Skype só hospedará arquivos de no máximo 300 MB.

A Microsoft informa que testou diversos tamanhos de arquivo e que o escolhido é o ideal para a maioria dos usuários, por ser a média utilizada em compartilhamentos. Quem precisar enviar arquivos maiores será obrigado a depender do OneDrive, que devido à recente redução de espaço para todos os usuários pode não ser a melhor alternativa para despachar packs enormes, sendo obrigado a depender de outros serviços externos ao Skype.

É claro que a possibilidade de compartilhar arquivos offline pelo Skype é excelente, por outro lado é compreensível a atitude da Microsoft em limitar a transferência. Mais uma vez Redmond se prende à ideia de que seus produtos devem ser utilizados para facilitar a comunicação principalmente no ambiente corporativo, e não pretende dar uma mãozinha a quem deseja utilizá-los para pirataria e afins.

Fonte: Skype.

relacionados


Comentários