Meio Bit » Baú » Games » Para Miyamoto, Star Fox Zero é o jogo mais subestimado do Wii U

Para Miyamoto, Star Fox Zero é o jogo mais subestimado do Wii U

Shigeru Miyamoto sai em defesa do Star Fox Zero e diz que esse é o jogo mais subestimado do Wii U. Ainda segundo o game designer, é uma pena as pessoas não se dedicarem mais aos jogos.

05/07/2016 às 8:30

star-fox-zero

O Wii U pode ter sido uma grande decepção para muita gente, mas quando se trata dos exclusivos lançados para ele, acho que poucos reclamarão da qualidade do que o console da Nintendo recebeu. Na verdade, há até quem defenda que que nesse quesito ele supera o PlayStation 4 e o Xbox One, mas essa é uma discussão para horas, dias.

Seja como for, entre tantos excelentes exclusivos lançados para o Wii U, existe um que desagradou muitos fãs, o Star Fox Zero, mas conforme Shigeru Miyamoto defendeu em uma entrevista à revista GameInformer, aquele jogo pode ser considerado o que mais foi subestimado no videogame.

Pessoalmente acho que o Star Fox é um jogo realmente divertido se você sentar e jogá-lo. Por exemplo, um garoto do primário que jogue ele sem noções preconcebidas, acho que será divertido para ele. Acho que ele também é muito divertido para irmãos jogarem juntos.

A crítica no entanto não parece concordar com o game designer, no geral tendo reclamado muito de vários aspectos do Star Fox Zero, em especial os controles estranhos e os gráficos abaixo da média. Mas considerando o comentário feito por Miyamoto, será então apenas um problema de público alvo?

Bom, na mesma entrevista o gerente de marketing de produtos da Nintendo of America citou outro jogo que deveria ter recebido mais atenção das pessoas, o Pikmin 3. Para Brill Trinen, o Bingo Battle Mode desse título possui o melhor multiplayer criado pela Nintendo desde a série Super Smash Bros, o que pode até ser um exagero, mas foi o suficiente para Miyamoto tecer um comentário bem interessante não só sobre o título, mas sobre a indústria no geral.

O Pikmin é o tipo de jogo que você precisa jogar talvez três vezes para ter o efeito completo, mas você sabe, as pessoas não tem tempo, então elas apenas terminam o estágio e seguem em frente. Os jogos se tornaram mais um produto consumível e está ficando cada vez mais difícil para as pessoas se deixarem aprofundar num jogo e aproveitá-los vagarosamente.

Pois essa falta de apego aos jogos é algo que tem me incomodado ultimamente. Vez ou outra penso em como muitas vezes corro para terminar um título apenas para começar outro, algo que nunca imaginaria fazer quando era moleque. Naquela época, devido a dificuldade de acesso aos games tínhamos que passar semanas, meses jogando a mesma coisa e assim acabávamos conhecendo cada canto mesmo dos piores jogos.

Tudo bem, não vou reclamar da abundância de games que temos à nossa disposição hoje, mas isso também tem ajudado a reforçar essa sensação de que eles são descartáveis e poucos são os títulos que realmente sentimos vontade de encarar mais de uma vez.

Bom, pelo menos no caso de quem só tem um Wii U, esse não deve ser um grande problema.

Fonte: Destructoid.

relacionados


Comentários