Meio Bit » Baú » Indústria » Prefeita diz que Paris não vai se render ao Amazon Prime

Prefeita diz que Paris não vai se render ao Amazon Prime

Amazon lança o serviço Prime, com entrega no mesmo dia. Excelente, não? Não em Paris, a prefeita decidiu que isso é competição desleal com as pobres lojinhas francesas e vai fazer “oposição intransigente” contra a Amazon.

24/06/2016 às 18:04

paris-mayor-anne-hidalgo

Reza a lenda que todas as vezes que Winston Churchill ia ao banheiro no Parlamento Britânico e encontrava seu adversário Clement Attlee, ou dava a volta e saía ou usava o urinol mais distante do sujeito. Um dia Attlee reclamou da atitude, pedindo explicações. Churchill esclareceu:

É que vocês socialistas não podem ver algo grande que funciona, querem logo meter a mão.

Na França atual isso parece ser uma realidade, nas mãos de Anne Hidalgo, prefeita socialista de Paris. Como não há nada mais com que se preocupar, ela resolveu voltar as armas (em condições pristinas, nunca disparadas, caíram no chão duas vezes) contra… a Amazon.

Ela considera competição desleal a empresa imperialista ianque Amazon, que lançou na capital francesa o serviço Prime Now, de entrega no mesmo dia. A prefeita reclamou que o lançamento teve apenas uma semana de aviso, não permitindo que as lojas locais se preparassem para a “concorrência”.

Agora a alcaide prometeu ser intransigente contra a Amazon, quer Leis contra a empresa e sua “competição desleal”. Também cita a poluição das vans de entrega, qualidade de vida dos moradores e a política de recursos humanos da Amazon.

Uma tal de Olivia Polski, representante do comércio local disse que a Amazon não joga segundo as regras, bagunça o mercado e cria uma situação de competição desleal. Acrescenta que não somos contra a inovação, mas não achamos que é justo que a Amazon não tenha que pagar as mesmas taxas trabalhistas de uma empresa normal.

anne-hidalgo-web

Basicamente ela quer que a Amazon pague por funcionários que não existem e não possui, para suprir a incompetência das empresas locais que tiveram SÉCULOS para se modernizar e agora não conseguem a mesma agilidade de um site de um maluco que lança foguetes em formato de jirombas.

Sendo justo não é só a Junta Comercial, o governo da Hidalgo como um todo é um exemplo retrógrado de manutenção do status quo a qualquer preço. Aquele nosso Ministro de Ciência Tecnologia e Inovação que criou uma LEI contra inovação se sentiria em casa em Paris.

Este mês a Prefeitura multou o Uber em 800 mil euros, ele está na mira do governo. O Airbnb? Altamente patrulhado, se você não se registrar leva uma multa pesada caso alugue um quarto pra um visitante. Ah sim, os senhorios são obrigados a pagar todas as taxas turísticas de um hotel, mesmo que esteja alugando um quartinho pra um estudante mochileiro por 2 dias.

Todo mundo diz que a Inglaterra está andando pra trás com a aprovação da Brexit, mas a França também caminha a passos largos em direção ao passado. Tomara que aquele túnel seja de borracha, o Canal da Mancha está cada vez mais largo.

Fonte: Fortune.

relacionados


Comentários