Meio Bit » Baú » Fotografia » Getty Images processa homem por roubo de imagem

Getty Images processa homem por roubo de imagem

Getty Images processa indivíduo que, supostamente, baixou e vendeu milhares de fotos de seu catálogo.

15/06/2016 às 9:00

getty images

Direitos Autorais na internet. Essa é uma discussão que nunca vai ter fim. De um lado temos milhões de pessoas que acham que o que está na rede é de uso público, e do outro temos os detentores dos direitos autorais educando essas pessoas através de processos indenizatórios. No Brasil tivemos um caso interessante essa semana onde o surfista Gabriel Medina ganhou um processo por uso indevido de imagem contra a Nestlé. Infelizmente a indenização foi troco de pinga para a empresa, mas ainda estamos engatinhando nesse tipo de processo aqui no Brasil. Mas, no mundo civilizado a coisa é mais bruta.

A Getty Images está movendo um processo contra um homem que, supostamente, estaria vendendo imagens do catálogo da empresa em alta definição em um grupo fechado do Facebook. A Getty acusa Walter A. Kowalczuk de ter comercializado milhares de fotos de seu banco de imagens em um grupo chamado “Spaghetti". As imagens eram vendidas em lotes de 400 imagens e cada uma custava US$ 0,75. O mesmo indivíduo também vendia imagens em um outro grupo chamado “Apples” com arquivos conseguidos da Associated Press.

A marmotagem foi descoberta quando um parceiro da Getty viu as fotos no grupo e avisou empresa. Desde março provas estão sendo coletadas contra o indivíduo. A Getty fez um total de 29 compras de imagens de Kowalczuk. A coisa era tão deslavada que, se ele não tivesse a imagem que você queria, era só indicar o arquivo no catálogo da Getty que ele entregava a foto posteriormente. As imagens eram entregues ao comprador através de um site de compartilhamento de arquivos. A empresa afirma que Kowalczuk conseguia as imagens por ter descoberto (hummm, estranho) a senha de dois grandes clientes da agência e utilizá-las para baixar as imagens.

Agora a Getty está processando o senhor Kowalczuk e pedindo indenização por quebra de direitos autorais dolosa, infração por contribuição, fraude por computador e infração do Digital Millennium Copyright Act. Kowalczuk ainda não se manifestou contra as acusações, mas sinto que a coisa não está muito legal para o lado dele neste momento.

Fonte: PDN.

relacionados


Comentários