Meio Bit » Arquivos » Mobile » Facebook mata o Notify, um app do qual você nunca ouviu falar

Facebook mata o Notify, um app do qual você nunca ouviu falar

Cuma? Notify, um app de notificações do Facebook para iOS praticamente desconhecido é descontinuado; funções serão absorvidas pelo Messenger e outros.

03/06/2016 às 9:32

gotg-idris-elba-who

Fato: não se pode vencer sempre. Empresas de tecnologia não são imunes a esse fenômeno, sejam pequenas ou grandes; enquanto alguns produtos cairão nas graças do público outros amargarão o ostracismo e serão varridos para baixo do tapete da história, sem piedade. Que o diga o Facebook, que acabou de matar mais um app: o Notify.

Espera, quem?

Dos grandes players talvez o Facebook seja o mais proeminente nos últimos anos em dar passos errados. O Home, alardeado como a grande revolução do smartphone se tornou o maior fiasco do setor no ano de 2013: o HTC First, aparelho que traria o recurso nativamente não foi lançado na Europa e não vendeu quase nada nos Estados Unidos, o app foi baixado por pouquíssimos usuários e pela teimosia do Zuck em abrir a plataforma para redes relevantes (leia-se Twitter e Google+; ok essa última nem tão relevante assim) a empresa desistiu de portá-lo para mais aparelhos (apenas os Galaxies S3, S4, Note 2 e os HTC One e One X eram compatíveis), e em um ano ele foi completamente esquecido.

Mais recentemente ele lançou o Hello (? Is it me you're looking for? ?), um discador para Android muito do útil, que utiliza um identificador de chamadas para informar quem está ligando caso este tenha perfil no Facebook e seja seu amigo, mesmo que você não tenha o número dele na sua agenda, além de permitir chamadas gratuitas via VoIP. Novamente ele não tem sido muito usado, até porque hoje em dia quem faz ligações? Ainda assim ele permanece, indicando que ele não seja tão subutilizado.


Notify from Facebook from Facebook

O Notify no entanto não teve a mesma sorte. O app, introduzido em novembro se apresentava como um hub de conteúdo para a tela de bloqueio de dispositivos iOS, preferencialmente o iPhone. Ao ativá-lo você escolhia o que desejava visualizar através de uma lista de interesses, e o Facebook se encarregava de fornecer postagens de acordo com suas preferências. Não era possível ler os informes na tela bloqueada, mas ao selecionar uma notificação e destravar o iPhone o Notify já redirecionava para a página do canal.

Toda a curadoria ficava a cargo da rede social, não era possível escolher feeds diretamente. Buzzfeed, CNN, Huffington Post, The New York Times e Bloomberg, entre outros eram alguns dos canais parceiros. Resumindo: era uma forma de contra-atacar o Twitter, mais especificamente o Moments.

Pois bem, não deu certo. A Sensor Tower informa que o Notify só teve 63 mil downloads desde o lançamento. Ninguém deu a mínima.

hahahahahahaha

Como manter pessoal para cuidar de um app fracassado é perda de tempo e dinheiro, o Facebook anunciou ontem que o Notify será descontinuado e parte de seus recursos serão absorvidos por outras soluções da empresa, mais notadamente o Messenger que através dos chatbots já permite que veículos de mídia enviem notificações do tipo. Portanto o app recém-exterminado se tornou além de subutilizado, um app redundante.

Como são baixíssimas as chances de você estar utilizando o Notify, nem se incomode. Caso você seja um dos três donos de iPhones com ele ativado (menos usuários que o Windows Mobile, vejam só vocês), há outras soluções mais práticas e úteis, como o Twitter…

Fonte: TechCrunch.

relacionados


Comentários