Meio Bit » Baú » Demais assuntos » HP faz evento de lançamento para as Z Workstations

HP faz evento de lançamento para as Z Workstations

21/05/2009 às 1:53

A HP não está de brincadeira nesse segmento. Depois de ter deixado com a gente uma Workstation xw4600 para teste, ela traz a linha "2009/2010" de Workstations e além de trazer máquinas extremamente maravilhosas, ela fez um evento para lá de profissional. Não é puxação de saco de alguém que ganhou... nada... no evento, é que ela realmente não economizou esforços. Foram 7 palestras, onde merecem ser destacadas 4 delas e uma menção honrosa (apresentação de imagem em estéreo / 3D). Os destaques são Jeff Wood (Global Business Unit da HP), Alessandro Bueno (Gerente de Produto Windows Vista da MS), Marcel Saraiva (Gerente de Desenvolvimento de Mercado da Intel) e por fim a sensacional Katherine Swanborg (Executiva de Tecnologia da Dreamworks). Cada um desses destaques (além do Jeff Wood), terão um post diferente no MeioBit, pois o conteúdo foi muito rico e vale a pena ser detalhado aqui.

Jeff Wood falou das novas Z Workstations da HP, máquinas muito mais superiores do que já foi mostrado anteriormente. Mas por que, se na verdade o mercado frio como está e sem muita evolução, então o que mostrar? A HP não economizou esforços, aproveitando a parceria com a BMW, ela desenvolveu um computador bonito, menor e... simples. As séries xw4600, xw6600, xw8600 e xw9400 foram substituídas pelas Z400, Z600 e Z800, todas simplesmente atualizações de suas irmãs mais velhas, porém completamente diferentes por dentro. Jeff Wood abriu uma Z800 e foi desmontando, nada de parafusos nem para tirar o "casco" principal. Explicou todo o sistema de resfriamento interno, desenvolvida em parceria com a BMW, onde dutos de plástico levam ar frio aos processadores e placas gráficas, além da ajuda do cooler normal. Agora também com a opção de resfriamento por radiador e água, reduzindo o barulho e resfriando mais ainda. Mas o mais legal, foi ver o desmontando da máquina e não ir vendos cabos pendurados e parafusos chatos em lugares apertados. Com apenas um click é possível substituir a fonte, com outro click uma HD, ou até adicionar uma HD. Os primeiros e únicos cabos são mostrados apenas na troca de placa de vídeo, onde com o poder delas, é necessário um reforcinho extra de energia. Tudo encaixa e desencaixa como um cartucho antigo de videogame, tudo muito fácil e explicativo. Inclusive, toda a parte interna da Workstation possui sinalizações em verde, onde um usuário leigo pode tirar e substituir a peça sozinho, sem ajuda de ninguém. Se algum hardware um pouco mais complicado der problema basta chamar a HP e em até 4 horas, ela vem e conserta o que quebrou de mais complicado.

Além disso a performance foi melhorada, o novos processadores Intel Xeon 5500 que voltam com a tecnologia HT, se adaptam ao que o usuário estiver fazendo, podendo desligar algum núcleo que não estiver sendo usado, ou até fazer um overclocking se a temperatuda permitir, ajudando na tarela de quem o estiver usando. Quem explica isso melhor é Marcel Saraiva da Intel.

As Z Workstations agora serão fabricadas e montadas no Brasil, com isso haverá redução de preço em toda linha. Por enquanto apenas o modelo Z600 está disponível, sendo que em junho entram no mercado os outros 2 modelos. Aproveitando os preços baratos da antiga xw4600, o modelo não sairá de linha no Brasil, com isso a HP pretende alcançar as pequenas e médias empresas com qualidade de ponta.

Além disso, a HP reforçou a distribuição de toda a série de monitores DreamColor, feito em parceria com a Dreamworks. São monitores LCD profissionais, iluminados com led e com uma paleta de cores de mais de um bilhão de cores.

Saiba mais:
HP Z Workstations (site em inglês ainda)
Dream Color Monitor

relacionados


Comentários