Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Será o Gran Turismo Sport algo próximo de uma demo?

Será o Gran Turismo Sport algo próximo de uma demo?

Novo jogo da série Gran Turismo não terá um sistema de passagem de tempo ou de mudanças climáticas e fãs ainda especulam que que nem uma campanha singleplayer.

31/05/2016 às 10:00

gran-turismo-sport

Na semana passada a Polyphony Digital fez a primeira apresentação do Gran Turismo Sport e desde então algumas informação sobre o jogo tem sido divulgadas, mas infelizmente algumas delas não estão sendo muito bem recebidas pelos fãs da série.

O problema é que embora o estúdio afirme que esta versão não será uma espécie de demo, o que aconteceu por exemplo com o Gran Turismo 4 Prologue ou o Gran Turismo 5 Prologue, aos poucos estamos sabendo que ela terá muito menos recursos do que gostaríamos, passando desde já a impressão de um título inacabado ou feito às pressas.

O primeiro motivo de decepção foi revelado pelo próprio produtor do jogo, que revelou que o GT Sport não contará com um sistema de passagem de tempo ou de mudanças climáticas. Sendo assim, poderemos escolher em que horário ou as condições em que as provas iniciarão, mas não devemos esperar que elas mudem durante as corridas.

De acordo com Kazunori Yamauchi, o motivo para sua equipe ter tomado esta decisão foi para manter uma taxa estável de frames por segundo e a melhor qualidade de imagem possível, o que particularmente considero aceitável. Porém, pelos vídeos que tenho visto desse Gran Turismo, por enquanto ele não parece assim tão bonito quanto poderia ser.


MKIceAndFire — Gran Turismo Sport Gameplay PS4 34 Minutes 2016 60FPS

Contudo, se essas remoções serão sentidas por muitos, o que promete causar uma onda de reclamações é uma possibilidade levantada no fórum do site GTPlanet. Conforme um usuário percebeu, durante uma apresentação feita por Yamauchi nada foi dito sobre o Gran Turismo Sport contar com uma campanha offline, modo que costuma ser tão adorado pelos fãs, mas que pelo jeito a Polyphony Digital não pretende implementar nessa versão.

É preciso notar que desde o início o estúdio vem dizendo que o jogo não poderia ser considerado como fazendo parte da série principal e que a ideia com ele era explorar o mercado de eSports, mas a menos que a Sony decida distribuí-lo gratuitamente ou por um preço bem abaixo dos tradicionais US$ 60 cobrados por um lançamento, acho que eles correm o sério risco de registrar um grande fracasso.

Por enquanto a ausência de uma campanha principal não passa de especulação, mas acho que os interessados pelo Gran Turismo Sport deveriam começar a se preparar, mesmo porque desconfio que outros cortes acontecerão.

relacionados


Comentários