Meio Bit » Baú » Hardware » E o GPS está indo pro brejo

E o GPS está indo pro brejo

20/05/2009 às 13:26

Em 1978 foi lançado o primeiro satélite da rede de GPS – Global Positioning Satellite, da Força Aérea Americana. A idéia é manter em órbita uma constelação de 24 a 32 satélites, transmitindo continuamente sua posição. Através de geometria relativamente simples um receptor em terra, em contato com pelo menos dois satélites consegue determinar com precisão sua posição no Globo Terrestre.

Até 1983 o serviço era restrito aos militares, mas depois que os soviéticos derrubaram o vôo 007 da Korea Airlines, acusando-o de ser um vôo espião (com esse número, era óbvio) e invadir o espaço aéreo deles, o Presidente Ronald Reagan (isso mesmo, o ator) liberou o GPS para uso civil.

gps de pobre

Mesmo com uma degradação na precisão, hoje sabemos nossa posição com acurácia. No caso do Nokia E71, que nem é um aparelho dedicado de alto custo, consigo 5m de acurácia. Isso é mais que suficiente para acertar o Cafofo do Osama.

A parte ruim é que custa muito caro manter a estrutura dos satélites, o próximo upgrade, que já está atrasado, foi orçado em US$2 bilhões. O mundo inteiro que usa GPS, o mundo inteiro que teve sua vida modificada por essa tecnologia, não paga um centavo para usá-la. Não há licença, royalties, nada.

Já foram lançados 57 satélites, desde o início do programa. Hoje a constelação se resume a 31, com mais dois, obsoletos, de reserva. Os lançamentos programados para 2010-2011, 10 satélites, estão atrasados por falta de verba.

O bloco principal de satélites em órbita, o IIA foi lançado entre 1990 e 1997. São dezenove satélites, sendo que treze ainda funcionam. 12 anos é idade avançada não só para os gostos do Pedobear, mas para satélites também.

Há o medo que comecem a falhar em cascata, seguidos do outro bloco, o IIIR, lançado de 1997 a 2004, ainda com os 12 satélites funcionando.
A única proposta que não foi feita é que a sociedade civil, que utiliza o tempo todos os serviços, contribua para mantê-lo. Claro, nos EUA isso não faz sentido, mas o resto do mundo não paga Imposto de Renda pro Obama.

E aí? Valeria pagar um dólar por ano, para manter o GPS funcionando?

Para uma SENHORA aula sobre GPS, inclusive com toda a matemática envolvida, visite o artigo da Wikipedia original. Parar constatar o quanto a wikipedia em português é patética, visite o artigo correspondente na wiki-pt.

Fonte: PCWorld

relacionados


Comentários