Meio Bit » Baú » Hardware » Vibe C, o smartphone pé-de-boi da Lenovo

Vibe C, o smartphone pé-de-boi da Lenovo

Lenovo apresenta o Vibe C, um smartphone de entrada com especificações razoavelmente decentes que pode vir a ser o substituto do Moto E

18/05/2016 às 11:00

lenovo-vibe-c

A Lenovo não sabe se casa ou se compra uma bicicleta, isso já ficou claro. Ela possui as linhas Moto e Vibe nas mãos e frequentemente está colocando ambas para bater cabeça, lançando aparelhos muito próximos uns dos outros. O Vibe A7010, que é um honesto dispositivo intermediário está na mesma faixa de preço da linha 2016 do Moto G, enquanto que o K5 vai brigar com o Moto G Play, que dará as caras entre julho e agosto.

E os dispositivos de entrada? Bem, levando em conta que os fabricantes não engoliram a volta da Lei do Bem principalmente pela incerteza (a liminar pode cair a qualquer momento) e a alta do dólar terminou de bagunçar tudo, os dispositivos milagrosos entre 500 e 700 reais desapareceram; a linha Moto E, cuja última versão já não possuía um preço muito atraente levando em conta suas capacidades ainda não foi atualizada, o que leva a crer que ela foi abandonada em prol de outra abordagem por parte dos chineses.

É aí que entra o mais recente lançamento da Lenovo lá fora, o Vibe C. Recém-lançado na Croácia e até onde se sabe tão somente, o dispositivo Android possui uma série de características que o classificam com um aparelho absolutamente de entrada, a saber:

  • SoC Snapdragon 210, quad-core Cortex-A7 com clock de 1,1 GHz e GPU Adreno 304;
  • display IPS de 5 polegadas com resolução HD (294 ppi);
  • 1 GB de RAM;
  • 8 GB de espaço interno (expansível via Micro-SD até 32 GB);
  • câmera principal de 5 megapixels com autofoco, Flash LED e capacidade de capturar filmes em HD a 30 fps;
  • câmera selfie de 2 MP;
  • redes 4G/LTE com Dual SIM, Bluetooth 4.0 e A-GPS;
  • rádio FM;
  • bateria removível de 2.300 mAh;
  • Android 5.1.1 Lollipop pela terceira vez seguida. Já pode pedir música no Fantástico.

Como se pode perceber ele é um Android bem pé-de-boi, com o mínimo necessário para ser um aparelho com 4G graças ao Snapdragon 210, um SoC de baixo custo compatível com a rede de alta velocidade, feito para equipar essa linha de smartphones baratos e tirá-los do 3G. E o preço é bem convidativo, os croatas poderão adquirí-lo ao equivalente a US$ 105, ou R$ 366 em valores de hoje sem impostos.

Aqui você confere um vídeo de unboxing/primeiras impressões disponibilizado em abril, provavelmente de um indivíduo que colocou as mãos no Vibe C antes do lançamento:


BadEnglishReview — Review Lenovo Vibe C A2020 (unboxing, design, perfomance, camera)

É aí que entra a questão: ele seria um device para ocupar a lacuna do Moto E, que ainda não deu as caras ou a Lenovo ainda pretende mantê-la, cometendo novamente o mesmo erro de fazer seus dispositivos de linhas primas brigarem entre si na mesma faixa de preço? Nos resta aguardar o desenrolar dessa história e caso o Vibe C seja o novo aparelho de entrada da companhia chinesa, não deve demorar para ele dar as caras por aqui.

relacionados


Comentários