Meio Bit » Arquivos » Cultura » Cauby era maior do que a vida, então resolveu acabar com o impasse

Cauby era maior do que a vida, então resolveu acabar com o impasse

Perdemos Cauby Peixoto, um dos maiores cantores da história do Brasil e certamente nosso maior intérprete. Como Cauby era maior do que a vida, ele resolveu acabar logo com o impasse. Leia o tributo do MB ao nosso eterno vozeirão, que vai deixar saudades.

16/05/2016 às 17:03

cauby_foto_marco_maximo

Cauby Peixoto não resistiu a uma pneumonia e nos deixou aos 85 anos. Possivelmente um dos maiores cantores da história do Brasil, Cauby era mais do que o nosso Frank Sinatra, era uma mistura dele com Elvis Presley, um autêntico crooner com uma voz privilegiada, daquelas que simplesmente não se faz mais. Pra tomar emprestado uma letra do Chico, como é cruel perdermos um artista como Cauby.

A eterna Conceição é um retrato de um tempo que há muito se perdeu, e uma grande obra-prima da nossa música popular. Apesar de ter sido escrita por Dunga e Jair Amorim, a gravação de Cauby mostra o imenso valor de um grande intérprete, que consegue transformar uma composição de outra pessoa em algo totalmente pessoal, que ninguém conseguiria reproduzir. O mesmo acontece com as canções de Billy Paul, para citar outro artista incrível que nos deixou neste ano, e que como Cauby também tomava para si mesmo as músicas que cantava.

Mas pra mim a música que mais marcou foi mesmo Bastidores, gravada no disco Cauby, Cauby, lançado quando no longínquo ano de 1980, quando eu ainda era um moleque. Como esquecer da voz potente de Cauby entoando os versos de Chico Buarque? Mas ele não ficou por aí, e com excelente gosto musical, conseguiu manter seu repertório consistente e seu vozeirão ao longo de uma carreira de várias décadas, com 49 discos gravados.

Cauby era maior do que a vida, e era um ser humano da maior qualidade, o que pode ser visto no documentário Cauby — Começaria tudo outra vez de Nelson Hoineff, que conta a história da vida deste grande intérprete. Indo além da música, Cauby também se destacava por outra coisa. Como bem disse o amigo Rodrigo Focaccio, Além de ter sido gigante na música, é um dos pouquíssimos, talvez o único no Brasil, a tornar o uso de perucas esteticamente possível.

Descanse em paz, grande mestre Cauby. Assista abaixo a uma versão de Bastidores que Cauby gravou com Fafá de Belém em 2012.


Thiago Marques — Cauby Peixoto e Fafá de Belém cantam "Bastidores" (Chico Buarque)

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários