Meio Bit » Baú » Games » A expectativa (exagerada?) em torno do Battlefield 1

A expectativa (exagerada?) em torno do Battlefield 1

CEO da EA diz que o Battlefield 1 será o maior e mais inovador jogo da franquia, mas será que toda a expectativa criada em torno do título não está um pouco exagerada?

13/05/2016 às 8:28

battlefield-1

Nos últimos dias o que mais tem se falado na indústria de games é sobre o Battlefield 1 e na minha opinião, toda a repercussão alcançado pelo jogo é merecida. Com um trailer muito bem montado e sua ambientação fugindo da já batida dupla “batalhas nos dias atuais/guerras futuristas”, o FPS tem tudo para ser um sucesso, mas será que deveríamos realmente depositar tamanha expectativa num título que ainda levará vários meses para ser lançado?

Pois o pessoal da DICE e da EA está aproveitando o destaque que conquistaram para atiçar ainda mais a ansiedade dos fãs e um que fez uma promessa bastante perigosa foi Andrew Wilson, CEO da editora.

Num streaming ao vivo na sexta-feira passada (6) que foi assistido por mais de 2 milhões de pessoas, o Battlefield 1 fez sua estreia. Os fãs deram a primeira olhada no combate intenso, visceral e em larga escala desse inovador novo jogo da DICE e a resposta foi imediata e extraordinária. O trailer foi visto mais de 21 milhões de vezes nos primeiros quatro dias, um novo recorde para a EA e é o trailer mais curtido de nossa história.

Com o Battlefield 1 iremos lançar o maior e mais inovador Battlefield de todos os tempos, com uma história profunda e uma variedade de jogabilidade sem precedente alimentada pela nossa engine Frostbite.

É claro que tudo isso serve para nos deixar ainda mais empolgado com o jogo, mas será que sou o único a pensar que esse papo de “maior e mais inovador” pode resultar num belo tiro no pé? Vale lembrar que a própria EA teve muitos problemas na época do lançamento do Battlefiled 4 e na minha opinião, de nada adianta as promessas de que dessa vez eles farão o possível para não repetir tais erros.

A impressão que tenho é que nem mesmo as pessoas envolvidas na criação desse novo Battlefield esperavam uma reação tão positiva, o que de certa forma foi confirmado pelo gerente de comunidade Dan Mitre e acredito que a esperança de muitos seja de que esse sucesso antecipado não faça os envolvidos na produção perder o foco.

Além disso, estou cansado de ver trailers espetaculares que nem de longe representam a qualidade vista no produto final e não existe garantia nem mesmo de que os gráficos que foram mostrados pela EA serão vistos quando colocarmos as mãos no Battlefield 1.

Sim, essa semana mesmo eu elogiei bastante a decisão da DICE de situar o FPS durante a Primeira Guerra Mundial, pois acredito que isso poderá fazer com que as pessoas se interessem pelo conflito e procurem mais informações sobre ele, mas por tudo o que já vi nessa indústria, acho que quanto menos expectativa criarmos por um jogo, melhor e nem defendo isso para ser do contra, é apenas o mais puro medo de me decepcionar falando mais alto.

Fonte: Gamespot.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários