Meio Bit » Baú » Games » Games: o modelo de caixinhas está condenado

Games: o modelo de caixinhas está condenado

12/05/2009 às 14:24

No final de 2007, me dei de presente uma cópia do ótimo Gears of War. Eu tenho a mídia original, a caixa com um selo de software genuíno e manual, mas perdi o número serial e a nota fiscal deve ter virado caderno ou caixa de papelão há tempos.

Depois de revirar gavetas atrás do cartão com o número de série, desisti e liguei para o suporte da Microsoft. Para mandarem outro número de série, precisam da cópia da nota fiscal e de uma foto frente e verso da mídia. Justo, para saber se eu tenho a mídia verdadeira. O problema: eu não tenho mais como provar que comprei o jogo pela nota fiscal. Única solução legal: comprar outra cópia, já que cometi o sacrilégio de perder a chave com 25 números.

O Steam, da Valve, não tem nada disso. Compro os jogos e não tem números de série para perder nem notas fiscais para encontrar. Tudo o que eu preciso é ter uma conta e minha biblioteca de games está associada. E ainda tenho a opção de criar backups dos jogos.

Paguei R$ 94,00 pela cópia do Gears of War e estou impedido de jogar por causa da metodologia antiga de se manter algo muito frágil para proteger o jogo: um papel solto com 25 números impressos. E sabe o que é pior? A minha conta na Live simplesmente não associou essa chave ao meu perfil, algo que considero muito, mas muito básico hoje em dia. O CD-Key poderia ter ficado lá como backup, mas não. Devo copiar o número e mantê-lo em local ultra-seguro.

Lição aprendida: escrever todos os números de série em um arquivo texto e mandar para 3 contas de e-mail diferentes ou uma planilha no Google Docs. Guardar as notas fiscais dentro das caixas dos jogos: mais espaço, mais papel, mas é o sistema…

Como meu dinheiro não é capim, infelizmente, vou apelar para o que qualquer consumidor no meu caso faria, mas não posso falar isso num post porque não é kosher. Uma coisa é certa: minha consciência está limpa e a não estou lesando ninguém.

Só sei que gostaria muito de ter uma versão digital do Game. O Steam é hoje a minha primeira opção na compra de jogos e já desisti de comprar o Neverwinter Nights 2 pelo simples fato de não ter uma opção digital no Brasil.

relacionados


Comentários