Meio Bit » Baú » Internet » AdBlock Plus tem um plano para pagar uma graninha a criadores de conteúdo

AdBlock Plus tem um plano para pagar uma graninha a criadores de conteúdo

AdBlock Plus e Flattr fecham parceria que visa pagar uma graninha a produtores de conteúdo, em tempos de bloquadores de ads cada vez mais populares

04/05/2016 às 11:01

money

Vamos admitir, ads são um mal necessário. Ninguém gosta deles, mas de outra forma muitos criadores de conteúdo não têm como fazer dinheiro hoje em dia, já que a boa fase do Google AdSense acabou faz tempo. Nós do MeioBit não somos exceção, também precisamos pagar nossas contas e dependemos das propagandas para continuarmos trazendo conteúdo a vocês.

Há formas e formas de se utilizar ads, e os invasivos e chatos (como os que bloqueiam a página ou imploram para o usuário não fechar a aba) estão entre os mais odiados. Banners e envelopamentos são geralmente tolerados, assim como propagandas curtas nos vídeos do YouTube. Só que muita gente não quer saber e usa bloqueadores de ads o tempo todo, o que prejudica quem produz conteúdo.

Só que ironicamente a Eyeo, empresa responsável pelo AdBlock Plus veio ao resgate com um plano interessante, só que como o esperado ela não está sendo nem um pouquinho altruísta.

Nesta terça-feira a companhia que responde pelo software mais utilizado pelo público que bloqueia anúncios em seus navegadores anunciou uma parceria com a Flattr, uma startup que desenvolveu um plugin em 2010 que distribui doações a sites e provedores de conteúdo. Ele funciona assim: você deposita uma quantia em sua conta no serviço (o valor mínimo é de 5 euros, ou R$ 20,34 em valores de hoje), que será distribuído aos sites cadastrados no serviço. Através de um botão o plugin permite que você selecione para quem seu rico dinheirinho irá.

Flattr Plus

O plugin será integrado ao AdBlock Plus e o processo será automatizado. É aí que as coisas começam a ficar nebulosas: o algoritmo analisará sua atividade nas páginas que você escolheu ajudar ew distribuirá a grana através de engajamento, e não visualização. Tempo de permanência na página e atividade do scroll serão analisados e dependendo do comportamento, mais dinheiro será despachado. Isso dá uma chance maior a sites pequenos, que não possuem tantos views quanto os grandes portais mas que podem engajar mais o leitor do que outros.

Obviamente a Eyeo ficará com uma fatia da grana; para uma empresa que vendia proteção e que chilicou com a Apple entrando em seus negócios isso nem surpreende. A meta é atingir US$ 500 milhões em doações até 2017, e considerando que mais de meio bilhão de pessoas usam o AdBlock Plus tal pretensão não é tão alienígena assim.

A previsão é que o Flattr Plus seja integrado até o fim do ano, e aí saberemos quanto dinheiro os criadores de conteúdo levarão nessa brincadeira. Mesmo na provável possibilidade de não ser grande coisa, é melhor do que aquilo que pingaria em suas caixinhas com todo mundo usando o AdBlock Plus…

Fonte: Wall Street Journal.

relacionados


Comentários