Meio Bit » Baú » Hardware » Ser geek é...

Ser geek é...

08/05/2009 às 0:04

“...construir seu próprio computador”, claro! Desde os tempos do Apple I essa verdade universal impera. E não precisa ser um supercomputador Cray (apesar de reconhecer que o Dr. Cray era “o” geek)… vejam o exemplo de Dennis Ferron: desanimado com a complexidade dos processadores atuais, que afastam os “projetistas de final-de-semana” com seus enormes barramentos, placas multi-camadas, encapsulamentos BGA e por aí vai, ele decidiu criar um laptop usando o honorável processador 6502.PropLaptop-Designer

A maioria de vocês talvez não saiba da importância histórica deste chip. Pois bem, ele foi a base do Apple I, do Commodore VIC-20 e de mais uma dezena de micros. O Atari 2600 tinha uma versão modificada dele, rodando a incríveis 1,19MHz!

Mas voltando à história atual, Dennis uniu a simplicidade de um barramento de 8 bits à inovação de um microcontrolador “Propeller”, da Parallax. Só para se ter uma idéia: o chip tem 8 núcleos e pode chegar a 160MIPS. O resultado foi uma menção honrosa no concurso de desenvolvedores da Parallax e a satisfação de olhar para os amigos “nerds” e dizer: “…fui eu que fiz”.

Ah sim! Nada de GNU/Linux®… o bichinho roda apenas programas em Assembly, acessando diretamente o hardware, além da “Spin”, desenvolvida especialmente para o Propeller. Para os curiosos de plantão, os esquemas e o software estão disponibilizados gratuitamente.

relacionados


Comentários