Meio Bit » Baú » Engenharia » Empresas aéreas querem monetizar o assento do meio. Sim, vão nos ferrar nessa.

Empresas aéreas querem monetizar o assento do meio. Sim, vão nos ferrar nessa.

Sabe aquele assento maldito do meio, que todo mundo detesta pegar no avião? Empresas americanas descobriram que podem faturar uma graça cobrando mais para quem não quiser viajar nele…

25/04/2016 às 15:00

article-2340919-1A47A50D000005DC-493_634x449

Nos velhos tempos havia muito mais glamour nas viagens aéreas. Claro, os aviões caíam feito moscas e uma passagem custava uma fortuna, hoje graças ao PT pobre viaja de avião no mundo todo, mas em compensação o conforto caiu a um ponto dos passageiros invejarem os trens fretados da Polônia dos Anos 30/40. Ao menos aquelas pessoas não pagavam passagem.

Não é brincadeira, há idéias de empilhar passageiros ou colocar gente viajando coladinha um de frente pro outro. Agora as empresas se tocaram que não precisam mudar nada, vão ferrar a gente apenas mudando as regras para o famigerado assento do meio.

Normalmente nada é pior do que sentar do lado de gordo, mas quando você está no meio mesmo que dos dois lados estejam o campeão e vice-campeão da Copa Etíope de Anorexia, sua viagem ainda será um inferno. Vão roubar os braços da poltrona, o corno na janela vai ter crises de incontinência e irá ao banheiro umas 5 vezes, o infeliz da esquerda vai dormir e babar no seu ombro e a bomba na mochila do árabe no assento da frente vai falhar em detonar.

scum2

Normalmente a gente muda imediatamente assim que faz o check-in, mas agora várias empresas nos EUA estão dificultando a mudança de assentos se você cair em um do meio. E piora. Outras empresas estão criando uma classe de “desconto especial” para quem comprar assentos do meio (e sem poder mudar, foi mal Tico StaCruz).

Ah mas aí é bom

Não, floquinho, não é. Em business quando você cria uma categoria com diferencial de ser mais barato significa que vai aumentar o preço das outras categorias. Assentos em corredor ou janela ficarão mais caros, enquanto o pessoal do assento do meio se tornará uma sub-classe. Uma sub-classe pagando o preço de sempre.

Quando isso chegará aqui? Bem, levando em conta que uma amiga teve que bater boca no balcão da TAM em NY, quando a funcionária pesava as malas em libras, achava que eram kg e queria cobrar excesso de bagagem, eu diria que é só uma questão de tempo.

Fonte: Fortune.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários