Meio Bit » Baú » Games » Dark Souls III já vendeu mais de 500 mil cópias no Steam

Dark Souls III já vendeu mais de 500 mil cópias no Steam

Apesar da dificuldade que assusta muita gente, o Dark Souls III já vendeu mais de 500 mil cópias só no PC e sucesso inicial do jogo serve para mostrar que a série caiu no gosto dos jogadores.

15/04/2016 às 13:00

dark-souls-3

Assim como milhares de pessoas ao redor do mundo, esta semana eu comecei a jogar o sofrer no Dark Souls III e embora muitos considerem o título como pertencente a uma série de nicho, o seu desempenho comercial já pode ser considerado muito bom, ainda mais por se tratar de algo lançado também para PlayStation 4 e Xbox One.

Embora esteja disponível há apenas três dias, o site SteamSpy revelou que as vendas do RPG já ultrapassaram a casa das 500 mil cópias vendidas, um número bastante impressionante se considerarmos se tratar de um jogo vendido pelo preço de um lançamento e que carrega consigo a fama de ser uma das franquias mais difíceis da atualidade.

Além disso, o game ainda estaria bem perto de se tornar o capítulo da série com o maior número de jogadores simultâneos no serviço de distribuição da Valve, recorde que antes pertencia ao seu antecessor e quando isso acontecer, acho que poderemos dizer que os jogadores de PC adotaram de vez a franquia.

Só para termos uma noção do quanto o Dark Souls III está atraindo a atenção dos jogadores, no momento ele só ficaria atrás do DOTA 2 e do Counter-Strike: Global Offensive quando se trata do número de pessoas jogando, títulos estes que dificilmente são ultrapassados.

Eu ainda tenho um longo e tortuoso caminho pela frente no Dark Souls III, mas as poucas horas que joguei já serviram para mostrar que o game está muito mais bonito que os anteriores e com um nível de dificuldade tão alto quanto antes, mostrando que a Bandai Namco e a From Software acertaram novamente.

Infelizmente o enredo parece continuar sem nos dar muito detalhes do mundo que exploramos, mas se você quiser entender um pouco do que está nas entrelinhas, recomendo dar uma olhada neste excelente texto (em inglês).

relacionados


Comentários