Meio Bit » Arquivos » Internet » 10 japinhas. 4 querem sair com você. É #FAIL?

10 japinhas. 4 querem sair com você. É #FAIL?

30/04/2009 às 18:01

Tem gente que considera isso derrota total, prenúncio do apocalipse e só não consegue ser notícia pior do que o filme pornô da Susan Boyle. Do que estou falando? de um relatório do grupo Nielsen demonstrando que o Twitter tem taxa de rejeição de 60%.

Isto é: De cada dez pessoas que entram no Twitter apenas 4 ficam.

Se você é leigo, eu até entendo, mas 40% de taxa de adesão para qualquer coisa é um valor altíssimo. Se 40% de clientes que entram em uma loja resultasse em venda todo lojista estaria rindo mais que a dona da Daslu ao ouvir as palavras "habeas corpus".

e que corpus

Nem guerras têm 40% de taxa de "acerto". Na 2a Guerra Mundial o percentual de mortos, entre os soldados foi de 2,52%. No Vietnam então, com o Rambo ajudando, o percentual de soldados americanos mortos foi de 0,98%.

O mais estravagante da não-notícia é que é dado como Sinal Apocalíptico a Revelação de que o Twitter não conseguirá sustentar a taxa de crescimento atual. Faz sentido. Em um ano cresceram de 500 mil para 14 milhões de usuários, mantendo essa tendência multiplicando em 25 a quantidade de usuários a cada ano, por volta de 2025 cada habitante da Terra terá umas 4 contas. Haja Victor Fasanos fakes.

Os iPods também não dobram a base instalada a cada ano, com antigamente. Devemos classificá-los como fracasso retumbante? Ou será que já estão com o mercado saturado, todo mundo que tem dinheiro ou disposição para ter um iPod já tem o seu?

É CLARO que o crescimento do Twitter é fora do padrão. Chama-se hype. Só que por isso mesmo uma taxa de retenção de 40% é MUITO alta. Uma amiga minha ouviu de uma calega de trabalho: "Você já viu esse orkut novo que lançaram? É um tal de Twitter". Esse tipo de gente vai chegar, bater de cara com a interface só em inglês, com a falta de scraps, e vai pular fora. Você diria que apenas 60% dos usuários do Orkut não vão gostar do Twitter?

O artigo do Cellular News é tão tendencioso que chega as raias do grotesco, dizendo que "muito do conteúdo do Twitter pode ser tão banal quanto pessoas dizendo quando estão comendo, bebendo, vomitando ou defecando".

Se o Twitter fosse definido por isso, acho que 40% de retenção seria um número excelente, não acredito que tanta gente se interesse assim pela rotina gastrointestinal de terceiros.

Do mesmo jeito que o CEO do Google fez pirraça, o Nielsen e vários sites estão apelando para profecias apocalípticas, em busca do público que adora ver ataques a tudo que está em evidência.

Digamos que se o Linux tivesse 40% de taxa de retenção eu seria o primeiro a publicar que o Ano do Linux chegou.

Via Cellular-News

relacionados


Comentários