Meio Bit » Baú » Hardware » HTC 10, o mais novo Android top de linha do mercado [UPDATE]

HTC 10, o mais novo Android top de linha do mercado [UPDATE]

HTC apresenta o 10, seu mais novo smartphone premium com características que o colocam lado a lado com os aparelhos mais tops da concorrência

12/04/2016 às 11:02

htc-10

Depois de falhar miseravelmente e não conseguir guardar segredo, a HTC realizou um evento nesta manhã para revelar o que não era mais novidade para ninguém: o HTC 10, seu mais novo smartphone Android para o mercado de dispositivos premium.

A fabricante taiwanesa afirma ter passado o último ano inteiro desenvolvendo essa belezinha, o que fica aparente no capricho de seu design. Inspirado nos modelos anteriores da linha M (ele por via de regra é o sucessor do M9, mas não traz nenhuma letra em seu nome; se chama apenas… 10) e no A9, o 10 possui um corpo de alumínio unibody com uma lateral levemente chanfrada, o que confere uma pegada mais firme e de certa forma interessante. O display é um S-LCD5 (nem todo mundo adotou o LED) de 5,2 polegadas e resolução Quad HD (565 ppi), que segundo a fabricante entrega não só maior resolução como pelo menos 30% mais cores que as telas em modelos anteriores.

Por dentro o HTC 10 conta com tudo aquilo que se espera de um Android top de linha em 2016: SoC Snapdragon 820, quad-core Kryo 64 bits da Qualcomm com clock de 2,2 GHz e GPU Adreno 530, 4 GB de RAM LPDDR4, 32 GB de armazenamento interno com suporte a Micro-SD, câmera principal de 12 megapixels com sensor de 1/2,3″ e abertura ƒ/1,8; que segundo a fabricante é perfeita para situações de pouca luz (ao menos melhor que os lançamentos de ponta anteriores), sem falar em adições como os pixels maiores (1,55 mícrons) para uma maior qualidade de imagem, autofoco, Flash LED duplo e estabilizador óptico de imagens, além de capturar vídeos em 4K com 24 bits de resolução de áudio.

A câmera selfie possui 5 Mp, abertura ƒ/1,8; OIS e autofoco, o que é um tanto incomum nesses casos e a coloca como um dos melhores conjuntos de câmeras frontais para smartphones no mercado. O grande problema da HTC é que seus conjuntos ópticos sempre foram bons no papel mas decepcionantes na hora do vamos ver, e esperamos que ela tenha se redimido dos erros passados.

No mais, o HTC 10 possui 4G/LTE, Bluetooth 4.2, GPS, GLONASS, Beidu e NFC, bateria generosa de 3.000 mAh compatível com Quick Charge 3.0 (de 0 a 50% de carga em 30 minutos), porta USB Type-C e Android 6.0.1 Marshmallow com a camada de customização Sense UI 8 (e não Sense8).

HTCAmerica — Introducing the HTC 10

Agora a parte chata: o HTC 10 já está em pré-venda ao redor do mundo, saindo por US$ 699 desbloqueado. Entretanto, como a companhia taiwanesa não opera no Brasil há vários anos, a única forma de alguém aqui colocar as mãos em um é ou importando ou comprando lá fora.

UPDATE: os primeiros a analisarem o gadget da HTC descobriram algo muito interessante: o smartphone é totalmente compatível com a tecnologia AirPlay da Apple. Assim, o 10 pode transmitir qualquer tipo de conteúdo para sua Apple TV ou qualquer outro dispositivo compatível com o recurso da maçã nativamente, sem a necessidade de apps adicionais.

relacionados


Comentários