Meio Bit » Arquivos » Games » Contra fotorrealismo, Underworld Ascendant adota visual diferente

Contra fotorrealismo, Underworld Ascendant adota visual diferente

Incomodados com a febre do fotorrealismo que inundou a indústria, criadores do Underworld Ascendant adotam visual diferente e esperam fazer com que o game lembre peças de jogos de tabuleiro.

06/04/2016 às 13:00

Underworld-Ascendant

Desde a geração passada temos visto boa parte das desenvolvedoras numa busca incessante (e muitas vezes irracional) pelo fotorrealismo. Para algumas pessoas, gráficos só podem ser considerados bonitos se tentarem reproduzir o mundo real, o que fez com que muitos títulos tivessem uma aparência praticamente idêntica e mesmo assim, os que tentaram fugir desse padrão muitas vezes foram criticados (veja por exemplo o caso do Borderlands).

Porém, existe um estúdio que está disposto a correr esse risco e quando o Underworld Ascendant for lançado, para o bem ou para o mal veremos um jogo com um visual mais artístico e o diretor de arte Nate Wells explicou o motivo da OtherSide Entertainment ter tomado tal decisão.

Na opinião do profissional que assinou jogos como o BioShock, BioShock Infinite e The Last of Us, atualmente “existe um ‘bug da realidade’ rondando a TV, os filmes e os jogos,” o que tem feito com que a fantasia seja contaminada pelo fotorrealismo e com este novo projeto ele espera conseguir mudar este cenário. O resultado será um jogo que parecerá um pouco com as peças de um jogo de tabuleiro, como se tivessem sido feitas a mão.

Já de acordo com o fundador do estúdio, Paul Neurath, esta nova direção de arte ainda servirá como forma de incentivo para os jogadores explorem o mundo que eles estão criando, mas levando-se em consideração a liberdade que o jogo está prometendo, confesso achar que o visual não terá uma influência tão grande nesse aspecto.

De qualquer forma, numa época em que mesmo os indies só pensam em entregar as imagens mais realistas possíveis, acho legal ver que um projeto tão grande não parece ter medo de oferecer algo diferente e se isso ainda poderá tornar a experiência mais divertida, melhor ainda.

Apesar de nunca ter jogado o jogo que lhe serviu de inspiração, o Ultima Underworld, sempre ouvi muitos elogios a esse clássico e quanto mais conheço sobre o Underworld Ascendant, mais vontade tenho de conhecer o mundo que o pessoal da OtherSide Entertainment está criando.

Fonte: PCGamer.

relacionados


Comentários