Meio Bit » Baú » Segurança » Não se fazem mais 007s como antigamente

Não se fazem mais 007s como antigamente

27/04/2009 às 3:11

Alguns anos atrás os ingleses já passaram vergonha, quando descobriu-se que agentes do Serviço Secreto iam encontrar com informantes em pubs perto da sede do MI5, e esqueciam de tirar os crachás de identificação.

Agora a reputação (fictícia) de um excelente serviço secreto, a duras penas criada com ajuda de Sean Connery, Roger Moore e Pierce Brosnan foi pro ralo de vez:

Na Colômbia uma agente do MI6 inglês esqueceu a bolsa no ônibus. Na bolsa, um cartão de memória não-criptografado contendo nada menos que uma lista de todos os agentes infiltrados e operações secretas inglesas no país, nos últimos 5 anos.

Senão vejamos; a creatura, com todos aqueles gadgets maravilhosos criados pelo Q não usa nem um TrueCrypt da vida, com senha "12345"? No mínimo sem uma segurança básica, garantindo que ninguém tivesse vontade de abrir o arquivo. É simples, basta renomear "listasecreta.doc" para "susanboylesextape.avi".

Isso, claro, não é o pior. O mais degradante é uma Agente Secreta de Sua Majestade andando de ônibus. Que pobreza, que decadência. James Bond quando estava muito pobre andava de BMW.

Andar de ônibus na Colômbia não é extatamente a vida de glamour, casinos e vodca-martinis batidos, não misturados que esperamos de um agente secreto inglês.

Se bem que é possível que só mandem pra Colômbia os mais incompetentes.

Do lado do Governo de sua Majestade, estimam em milhões de Libras o custo de realocar todos os agentes, antes que a informação caia nas mãos dos chefões do tráfico.

Fonte: Times

relacionados


Comentários