Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Danilo Russo fala sobre o Newborn Photo Conference

Danilo Russo fala sobre o Newborn Photo Conference

E está chegando a 6º edição do Newborn Photo Conference, o único congresso de fotografia de recém nascidos do Brasil. Para aquecer as turbinas, nada melhor do que uma conversa com Danilo Russo, dono do IIF, e idealizador deste grande evento.

01/04/2016 às 14:40

Está chegando mais um Newborn Photo Conference. O evento já se destaca como o mais importante na área de fotografia de recém nascidos no Brasil e já se tornou famoso por mesclar a experiência de profissionais do mercado nacional e internacional. Por trás de tudo isso temos o IFF (Instituto Internacional de Fotografia) capitaneado pelo fotógrafo Danilo Russo.

Newborn_photo_conference_9

Danilo Russo concedeu uma entrevista para falar do evento, do passado e do futuro do empreendimento. Segundo ele a história do Newborn no Brasil começou em 2010 quando o primeiro curso aconteceu no IIF. Neste ano nós hospedamos o primeiro curso de Recém-Nascido, ministrado pela fotógrafa brasileira (mas, que vivia e vive na Austrália) Danielle Hamilton. A Daniela havia nos procurado com o interesse de oferecer este curso no país e nós investimos na ideia, desta forma ela veio consecutivamente por três anos ao Brasil, por cerca de dois meses, com o intuito de oferecer este workshop.

Os cursos sempre esgotavam e a partir disso criou-se uma comunidade muito grande de pessoas interessadas em obter mais informações, envolvendo desde alunos e ex-alunos do IIF até curiosos, então, pensando em organizar esse mercado e estabelecer uma maneira de servir a todos os fotógrafos, foi elaborado o conceito de um congresso que reunisse os melhores profissionais no mercado Newborn. Depois disso foi um pulo para atingir o formato que conhecemos hoje.

Newborn_photo_conference_14

Porém, uma grande preocupação é quanto a grade de palestrantes. Nesse ponto, Danilo diz que elaborar a grade do Newborn Photo Conference chega a ser uma arte, uma vez que nós temos perfis sócio-economico-culturais de todos os tipos e precisamos respeitar isso no palco. Existem ótimos fotógrafos hoje em dia, entretanto só isso não é o suficiente para participar do congresso, é preciso ser um bom comunicador e dominar completamente a técnica fotográfica. Neste processo de curadoria são avaliados os perfis dos palestrantes, a sua pluralidade, o tema que abordam (e aqui vai uma evolução nas diferentes edições do congresso, uma vez que o primeiro só estava focado na área técnica) e a credibilidade dele.

Newborn_photo_conference_29

Porém, uma coisa que devemos destacar é quanto a presença dos palestrantes internacionais. Importante trazer a experiência de quem realmente começou com esse tipo de fotografia. Quanto a isso, Danilo aponta que a fotografia Newborn no Brasil existe há 6 anos, como dissemos lá atrás nas perguntas, mas nos Estados Unidos e na Austrália existe há pelo menos 15 anos. Dessa forma esses são alguns dos nossos irmãos mais velhos, que pode nos dar conselhos, nos ensinar, nos ouvir, serem parceiros.

Lá fora temos alguns dos fotógrafos de recém-nascido que são referência para o mundo inteiro, inclusive para os brasileiros, pensando que o conhecimento que nós partilhamos no Brasil já é razoavelmente acessível a todos, pensamos em trazer os fotógrafos que dificilmente um fotógrafo conseguiria frequentar um curso lá fora (claro que tem gente que consegue, mas é um número muito pequeno, pois muitos podem não ter condições). Neste mesmo sentido, estamos acompanhando alguns fotógrafos nacionais que estão indo palestrar lá fora e pensando justamente em levar um pouco do produto nacional para fora, estamos desenvolvendo o Newborn Photo Conference Europe, com palestrantes brasileiros, italianos, americanos e ingleses. O nosso objetivo é justamente conseguir criar esse intercâmbio de informações entre aqui e lá fora.

Newborn_photo_conference_32

Mesmo sendo tudo tão bacana, sempre fica a dúvida: como encontrar tantos bebês para participarem das aulas práticas?

Segundo Danilo Russo tudo é pensado em conjunto com a Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém Nascidos para que as condições de temperatura, iluminação e som sejam os mais confortáveis para os bebês. Segundo ele nas semanas anteriores ao evento temos uma equipe mobilizada para convidar as famílias para fazer as sessões no palco, além de uma equipe de fotógrafos que recebe e cuida dessas famílias que vai se preocupar com mamãe, com o bebê,vai disponibilizar trocador, álcool gel, termômetro, enfim, tudo aquilo que um fotógrafo de newborn precisaria disponibilizar em seu próprio estúdio pra receber uma família, mas replicado em nossos backstages.

Newborn_photo_conference_30

Nessa versão, a grande novidade (pelo menos a meu ver) é a possibilidade de participar do congresso na modalidade on-line (e viva a tecnologia). Sobre isso ele admite que a vantagem é o fato de assistir da própria casa, por outro lado a desvantagem é porque não tem aquela magia de estar na platéia de ter contato com os outros fotógrafos, mas nós temos o entendimento de que cada fotógrafo está em um estágio diferente, por isso, nem todos tem uma possibilidade de tempo, nem de dinheiro para investir no congresso presencial e então usamos o modelo online para oferecer uma segunda opção. De qualquer forma, todos, tanto quem fez online ou presencial, terão a palestra por 60 dias disponível.

E quais os motivos para um fotógrafo não perder o evento?

São dois, os maiores motivos. O primeiro é Networking: participar do projeto na versão presencial traz parcerias que começam no Newborn Photo Conference e progridem para sociedades.

A segunda é o conhecimento adquirido. Claro que em todo congresso que frequentamos tem áreas que temos mais afinidades e outras menos, entretanto, imersos em um congressos nós absorvemos todos os tipos de conhecimento e saímos com a cabeça fervilhando. O que acontece, muitas vezes, é que “sempre chega segunda”. Depois desse momento de grande criatividade, chega a rotina e os fotógrafos acabam se esquecendo daquilo que aprenderam. Esse ano eu vou sugerir algumas dinâmicas, inclusive, pela primeira vez, eu vou fazer a abertura do congresso e vou sugerir algumas ferramentas, técnicas e dinâmicas para levar toda a energia acumulada no congresso para o dias a dia. Então o congresso é um investimento no próprio fotógrafo, na busca por melhorar o serviço oferecido e na sua habilidade.

O Nerborn Photo Conference acontece nos dias 19, 20 e 21 de abril no Teatro Gazeta em São Paulo. Informações e inscrições podem ser encontradas no site oficial do evento.

relacionados


Comentários