Meio Bit » Arquivos » Indústria » Oracle compra Sun e vira a dona do Open Source (agora vai)

Oracle compra Sun e vira a dona do Open Source (agora vai)

20/04/2009 às 16:40

Com uma transação de mais de US$7 bilhões a Oracle acaba de comprar a Sun, em um dos maiores negócios do setor. Se a Oracle já conseguia prover soluções para todos os setores de diversos tipos de negócios, com a aquisição da Sun ela passa a dominar todos os passos de seu próprio negócio.

O Middleaware Oracle hoje roda basicamente em Java. A maior parte dos bancos Oracle no mundo roda em Solaris, e com essa aquisição passam a ter controle total sobre o futuro dessas tecnologias.

Curiosamente embora ambas as empresas sejam defensoras de padrões abertos, o grande ponto de venda da Oracle agora é que poderão vender pacotes fechados, com tudo pronto, funcionando, out-of-the-box. Porque ser Open é fácil, complicado é integrar tudo.

A compra torna a Oracle a maior produtora mundial de software Open Source. E dada a condição de arqui-inimigo de Bill Gates alardeada por Larry Ellison, podemos esperar um grande, muito grande investimento no OpenOffice.

Por outro lado embora a Oracle se afirme alinhada com o Linux, agora que vão controlar o Solaris, não sei se investirão muito em sistemas operacionais alternativos.

Para o MySQL, o futuro é incerto. A Oracle vive de vender, entre (muitas) outras coisas, Bancos de Dados. Um banco que além de ser usado pela esmagadora maioria de graça, quando pago tem um custo ínfimo não vale o investimento, e nem pode ser usado como "gateway drug" para substâncias pesadas, como um Oracle Mega LexCorp Database Server de US$10 milhões.

Por outro lado o MySQL pode ser usado para canibalizar o pouco (ou nenhum) marketshare do Microsoft SQL Server na web.

Aguardemos mais notícias, inclusive com as (inevitáveis) demissões e as repercussões no mercado brasileiro de TI.

O Release oficial pode ser lido aqui.

NOTA: MILHÕES de agradecimentos ao Guz por ter recuperado este post perdido em uma ingresia do Scribefire.

relacionados


Comentários