Meio Bit » Baú » Games » Phil Spencer admite que PC gamers podem não querer um Xbox One

Phil Spencer admite que PC gamers podem não querer um Xbox One

Responsável pela divisão Xbox diz que os jogadores de PC podem não estar interessados em ter o console da empresa, mas que não vê problemas nisso.

14/03/2016 às 10:01

xbox-one

Principal responsável por vender o Xbox One para o maior número possível de pessoas, muitos poderiam esperar que Phil Spencer seria aquele evangelizador chato, o cara que nas festinhas só sabe puxar saco da empresa em que trabalha ou que tenta nos empurrar um produto a todo custo.

Porém, com o passar do tempo temos visto que o executivo sabe reconhecer as qualidades das outras empresas e que parte do seu público pode não estar interessada no console que produzem, como por exemplo aqueles que estão mais acostumados a jogar no PC.

Digamos que você esteja falando dos indivíduos que são totalmente jogadores de PC, eles amam o Steam, eles possuem uma bela plataforma. Porque eu, se for esta pessoa, porque eu compraria um Xbox One? Qual seria a razão para comprar um Xbox One?

Você pode não ter uma razão para comprar um e eu não tentarei te enrolar para que compre um Xbox One pelo o que estou fazendo. Na verdade fui perguntado por uma pessoa, ‘Vocês estão fazendo o Forza 6: Apex como uma forma de mostrar aos jogadores de PC o quão bom o Forza é e assim fazê-los comprar um Xbox One?’ Não, este não é plano.

Então eles podem não comprar o Xbox One e quero que esteja tudo bem por isso.

No entanto, o executivo fez questão de dizer existem sim alguns motivos para um jogador de PC querer um console, como por exemplo poder estar a alguns metros da TV, estar ao lado de outros jogadores no sofá e usando um controle, vantagens que realmente não podem ser ignoradas e isso que ele nem citou a praticidade oferecida por um aparelho dedicado.

É claro que por se tratar de uma empresa que atua nas duas frentes — consoles e computadores — a posição de Spencer parece um pouco mais cômoda, mas como disse anteriormente, estamos falando de alguém responsável por esta divisão da Microsoft e por mais que eu tente, não consigo imaginar uma postura tão aberta sendo defendida por alguém como Reggie Fils-Aime ou Shuhei Yoshida.

Eu também quero acreditar que o comentário de Phil Spencer significa que a sua empresa está realmente dedicada a fazer com que o PC seja a melhor plataforma possível para games, por outro lado, como deixar de pensar que cada vez mais a Microsoft parece estar relegando o Xbox One a um segundo plano?

Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários