Meio Bit » Baú » Internet » WowApp, o messenger que paga seus usuários jura que não é pirâmide

WowApp, o messenger que paga seus usuários jura que não é pirâmide

CEO da WowApp apresenta seu app de mensagens instantâneas que divide o seu lucro com os usuários, estimula a caridade e segundo ele, não é pirâmide

10/03/2016 às 9:30

wowapp

Em evento realizado nesta quarta-feira em São Paulo, o fundador e CEO da WowApp Thomas C. Knobel explicou a jornalistas e blogueiros o que é exatamente o seu app de mensagens instantâneas, que está em franco crescimento no Brasil principalmente por permitir que seus usuários participem dos lucros da plataforma. Só que alguns pontos em torno de como ele opera são um tanto… controversos.

Knobel tem orgulho de dizer que é um empreendedor nato, do tipo que aos sete anos de idade montou sua primeira “empresa”. Ele é dono da Nobel, uma empresa suíça de telecomunicações cuja principal missão é fornecer meios para que as pessoas mantenham contato entre si da forma mais barata possível. O WowApp, por sua vez seria o fruto de uma visão do empresário para tentar, menos que seja um pouco diminuir a distribuição de renda entre usuários de serviços online e empresas, o que ele chama de “freeism”: nós geramos lucros para as companhias donas dos programas e aplicativos que usamos, sem receber nada em troca (na verdade há um certo retorno em serviços, mas você entendeu).

thomas-knobel

Thomas C. Knobel, CEO da WowApp

Foi pensando nisso que nasceu a startup WowApp, junto com o app de mensagens instantâneas que consumiu cinco anos de planejamento segundo Knobel, principalmente porque as pessoas não acreditavam que poderia ser feito. Ele não é nada mais do que um concorrente do WhatsApp, Telegram, Line e tantos outros, mas com algumas coisas a mais. Além de agregar as principais funções de seus adversários (sincronismo entre plataformas, chamadas de vídeo e de voz, embora esta última modalidade seja paga, etc.) em uma plataforma até que robusta (o evento foi transmitido via chamada de vídeo in-app para a sede da WowApp na Romênia, sem maiores problemas), o app gira em torno das ideias de compartilhamento e generosidade.

Como assim? O WowApp foi construído com a ideia de retornar 70% de seus lucros para os usuários na forma de uma moeda virtual chamada WowCoin, onde cada unidade equivale a US$ 0,01. Você pode utilizar esses créditos para fazer ligações, pode doá-lo para diversas instituições de caridade (a Fundação Cafu, a Associação Vaga-Lume e o Instituto do Câncer Infantil, entre outras estão entre as parceiras brasileiras), algo que é fortemente endossado pelo app ou também pode sacá-lo, transferindo-o para seus cartões de crédito e/ou débito (as opções de PayPal e débito em conta não estão disponíveis no Brasil).

Mas como você faz dinheiro? Agora as coisas complicam um pouco.

wowcoins

Você não pode entrar no WowApp diretamente, é preciso ser convidado. É preciso acessar esta página e verificar quem já o utiliza e mantém um perfil público, solicitar uma chave e só então começar a a utilizá-lo, só que a partir daí você passa a fazer parte da rede de quem o convidar. O app estimula o usuário a chamar cada vez mais pessoas para o mensageiro, pois cada pessoa na sua rede se converte em um crédito de 0,25 wowcoins.

Se você pensou em pirâmide, acertou; é o mesmo modus operandi do Marketing Multi-Nível, mas Knobel faz questão de rechaçar a crítica ao dizer que o WowApp não se trata de um golpe, já que ele não exige nenhum tipo de pagamento para o usuário utilizá-lo. De qualquer forma a estrutura é a mesma e para lucrar uma boa quantia, além de ter muita gente na sua rede os seus amigos precisam estar sempre utilizando o aplicativo, conversando, fazendo chamadas de áudio e vídeo, etc (ainda não há a opção de mensagens de voz, mas o recurso será implementado em breve). Deixando bem claro, você não vai comprar um carro novo com a pouca grana que ganhar no WowApp. Novamente, o foco do app é estimular a generosidade ao fazer com que os usuários doem para instituições o que lucrarem. Knobel acredita que o app tem o potencial de se tornar uma grande plataforma de caridade.

WowApp - Fazendo o bem através do Poder do Compartilhar!

Ainda assim o app está fazendo sucesso. A nossa comunidade é hoje a segunda maior, com 190 mil usuários cadastrados contra 350 mil da líder Romênia. O país entretanto é o com maior ritmo de crescimento e a expectativa é que o Brasil assuma a ponta daqui entre 30 e 50 dias.

Se ficou curioso, você pode instalar o WowApp no iPhone ou Android, e também há clientes para PC, Mac e web.

Atualização: este é o link do convite.

relacionados


Comentários