Meio Bit » Baú » Mobile » Amazon abandona criptografia, é esculhambada e volta atrás

Amazon abandona criptografia, é esculhambada e volta atrás

Atualização para a 5ª versão do Fire OS remove criptografia dos dispositivos Amazon; empresa volta atrás após o óbvio impacto negativo na comunidade

07/03/2016 às 9:30

kindle-fire

Se a Amazon queria pagar de ovelha negra da família enquanto todo mundo fica do lado da Apple em sua briga contra o FBI, ela conseguiu e com louvor. Assim como a maioria dos dispositivos móveis dos concorrentes, a família de tablets, TV sticks e o falecido Fire Phone contam com o recurso de criptografia, que embora muitos não usem está lá e é não só útil como para quem não quer compartilhar seus dados com ninguém, essencial.

Ou melhor, contavam. O recente update do Fire OS para sua quinta versão removeu o recurso completamente.

Os usuários começaram a relatar que algo estava muito errado com seus dispositivos há pouco mais de duas semanas. A atualização para o Fire OS 5 afetou aparelhos como os tablets Kindle Fire em geral, bem como o Fire TV Stick e o Fire Phone. Além de não ser mais capaz de proteger os dados neste momento, os devices passaram a não suportar a criptografia como um todo, dando dores de cabeça a quem já os protegeu:

https://twitter.com/davidscovetta/status/705311217737314304?ref_src=twsrc%5Etfw

O que está pegando é que a Amazon está sendo hipócrita. Quando a Apple se enrolou com FBI devido às exigências em liberar o backdoor, ela se alinhou com outras gigantes como Google, Microsoft, Facebook e etc. para defender a maçã em não transformar o iOS na Casa de Irene. Na quinta-feira passada todas emitiram um documento entregue à corte, devidamente assinando se posicionando contra as exigências do Bureau.

Ao fazer isso Jeff Bezos se sai como o executivo duas-caras, que dá tapinhas nas costas do Cook e diz que está com ele e não abre, mas na verdade prefere se alinhar com o governo e tirar o seu da reta, jogando a segurança de dados de seus usuários no lixo. A desculpa oficial para remover a criptografia é a de que “ninguém a estava usando”, o que não é um motivo justificável (nada é na verdade) para abrir mão das boas práticas de segurança da informação.

A internet, é claro pegou fogo. Bezos foi xingado de hipócrita para baixo e com razão, e agora a Amazon entrou no modo controle de danos. A companhia prometeu restaurar a critpografia numa atualização futura, que chegará aos dispositivos desprotegidos em algum momento do segundo trimestre.

Falando francamente: se a Amazon trata os dados de seus usuários dessa forma e é hipócrita ao ponto de sorrir para a Apple enquanto a apunha-la pelas costas, o mais sensato é evitar adquirir por completo seus gadgets para não ficar sujeito a outra mudança de humor da gigante das compras, que pode remover outro recurso crucial porque “ninguém usa”.

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários