Meio Bit » Baú » Indústria » "That's why we are so gay"

"That's why we are so gay"

13/04/2009 às 13:37

Se fosse hoje em dia muito provavelmente a frase seria da Apple, mas é da IBM, faz parte de suas músicas corporativas. O trecho acima é do songbook interno "Songs of the IBM", de 1931. A letra, cantada com a melodia de Jingle Bells é:

IBM, Happy men, smiling all the way.
Oh what fun it is to sell our products night and day.
IBM, Watson men, partners of T. J.
In his service to mankind -- that's why we are so gay!

Vamos, todos juntos, acompanhemos Sam Albert, ex-executivo da IBM nos anos 50:

Notem que ao final Sam parece que vai protestar explicando que
"Gay" nos anos 30 não tinha o mesmo significado que hoje,
mas isso seria estragar a piada.


O uso de "canções corporativas" para estimular a moral e incutir lealdade nos funcionários não era exclusividade da IBM, todas as grandes corporações seguiram a mesma linha, até a decadência do estilo, nos anos 60 e 70, embora até os 80 fossem possível encontrar quem fizesse músicas para a empresa. Na verdade houve musicais inteiros, e se a moda continuasse hoje teríamos O Fantasma do Opera em cartaz nas reuniões corporativas.

Para o mundo de hoje é estranho esse nível de "lealdade". Por mais que gostemos de trabalhar em um lugar, não imagino um funcionário dos tempos atuais, que vai passar por 10 ou 15 empregos no decorrer da carreira, cantando um Hino da Macromedia, ou algo assim.

O legal é que a IBM não resolveu varrer para debaixo do tapete esse passado esquisito. Pelo contrário, algumas das músicas estão listadas, com arquivos de áudio no site da empresa. Há inclusive uma cronologia musical, mostrando as várias bandas, conjuntos e escolas que a IBM teve de 1915 a 2001.

Claro, se algum dono de startup resolver montar uma bandinha de rock vai aparecer um monte de gente parabenizando pela modernidade, idéia revolucionária e pensamento futurista.

Fonte: dica via Twitter do Fábio Brito

relacionados


Comentários