Meio Bit » Baú » Indústria » MWC 2016 — Mi 5, o novo top da Xiaomi

MWC 2016 — Mi 5, o novo top da Xiaomi

Xiaomi introduz o Mi 5, seu novo smartphone top de linha em três versões diferentes; OIS presente na câmera chega a superar o do iPhone 6s

24/02/2016 às 9:32

mi-5-001

A Xiaomi prometeu e cumpriu. Em sua primeira conferência na Mobile World Conference a companhia chinesa revelou o Mi 5, seu aguardado top de linha com características que o colocam pau a pau com os grandes players do mercado — e segundo a mesma chega a superar os best sellers.

O VP Global da Xiaomi e nosso velho conhecido (desde os tempos do Google) Hugo Barra apresentou o novo filhote dos chineses. Embora a Xiaomi tenha a má fama de ser uma empresa que vive de copiar o design alheio, temos que reconhecer que por causa das características únicas do País do Meio a companhia consegue lançar produtos de ponta por preços muito competitivos.

O Mi 5 repete a dose em tudo. Sua aparência é similar à do Galaxy Note 5, com corpo de metal, traseira de vidro (nos modelos básico e intermediário) e botão Home destacado. Por dentro porém a história é outra, os chineses não economizaram.

mi-5-002

O Mi 5 vem em três versões. A Standard conta com uma variação do SoC Snapdragon 820 da Qualcomm, quad-core Kryo que aqui possui dois núcleos de 1,8 GHz, dois de 1,6 GHz e GPU Adreno 530, display de 5,15 polegadas com resolução Full HD (428 ppi), 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento interno não expansível, redes 4G+ (que garante uma velocidade de download de até 600 Mb/s), Bluetooth 4.2, GPS e GLONASS, bateria de 3.000 mAh e Android 6.0 Marshmallow com a camada de customização MIUI 7.

O modelo intermediário possui 64 GB de armazenamento enquanto o Pro conta com 128 GB de espaço interno, 4 GB de RAM e traseira em cerâmica e vidro. Ambos são equipados a versão 100% do Snapdragon 820, com clocks de 2,15 GHz e 1,6 GHz.

mi-5-004

A Xiaomi entretanto deu total atenção à câmera do Mi 5. O conjunto principal de 16 megapixels e abertura ƒ/2,0 não só foi equipado com um estabilizador óptico de imagens de quatro eixos como conta também com a tecnologia DTI de separação de pixels, o que resulta em uma reprodução de cores mais viva e tons mais realistas.

Sobre a capacidade de estabilização a Xiaomi exibiu um vídeo, comparando o Mi 5 com o iPhone 6s Plus e o iPhone 6s (que não possui OIS), todos acoplados a uma base que tremia enquanto os smartphones realizavam uma filmagem. Acompanhe:

Watch Mi 5's 4-axis OIS shake it off

O sensor Sony IMX298 de 1/2,8″ é capaz de entregar melhores resultados em qualquer situação segundo a fabricante, além de ser capaz de filmar em 4K. Já a câmera frontal de 4 MP, com sensor de 1/3″ e abertura ƒ/2,0 possui pixels de 2 nanômetros contra os de 1,1 µm encontrados nos similares concorrentes, para também permitir selfies de maior qualidade.

http://www.youtube.com/watch?v=d8CxnHAAG7s

Mi 5 - An elegance beyond imagination

Por enquanto o Mi 5 só estará disponível na China e Índia, mas dada a presença na MWC 2016 é evidente que a empresa espera expandir sua presença em mais países neste ano. Os preços são bem agressivos, custando o equivalente a US$ 306 (Standard), US$ 352 (Intermediário) e US$ 413 (Pro).

relacionados


Comentários