Meio Bit » Baú » Ciência » Cuidado: não deixe seu smartphone por muito tempo perto da área de lazer

Cuidado: não deixe seu smartphone por muito tempo perto da área de lazer

Pesquisadores alertam: homens que deixam seus smartphones no bolso da calça por muito tempo podem sofrer com redução na qualidade de seus espermatozóides

23/02/2016 às 13:31

passarinho

Esta notícia pode deixar alguns preocupados, embora devemos levar em conta os tons alarmistas que a mídia anda dando para o caso. Pesquisadores israelenses especializados em fertilidade e reprodução concluíram um estudo que relacionou a queda de qualidade dos espermatozóides produzidos pelo homem com o hábito de manter o smartphone no bolso da calça por períodos prolongados.

O estudo conduzido pelo dr. Zilberlicht Arie, residente-chefe da divisão de fertilidade do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Carmel Medical Center de Haifa, Israel alerta que manter o smartphone a menos de 61 cm dos órgãos reprodutores masculinos já é o suficiente para a atividade eletromagnética do aparelho causar problemas ao organismo masculino quando este precisa produzir uma nova leva de espermatozóides. Ao monitor 100 homens por um período de um ano, os pesquisadores concluíram que o nível de gametas viáveis (capazes de se locomover) sofreu uma redução de 47% entre o grupo que costuma manter o smartphone no bolso da calça, contra 11% dos restantes.

Embora carregar o smartphone do bolso acabe expondo os testículos a um calor excessivo, o que seria uma das principais causas da redução de espermatozóides, mesmo mantê-lo no criado mudo à noite, carregando ou não ou utilizá-lo enquanto ligado na tomada afetam as células reprodutoras do mesmo jeito. Basta uma hora de exposição para que os efeitos se manifestem. O artigo? Aqui.

O que os pesquisadores recomendam não é o total abandono dos smartphones, até porque ninguém consegue fazer isso, mas atitudes simples podem ser colocadas em prática: andar com o smartphone no bolso da camisa, da jaqueta ou mesmo dentro da mochila é uma boa opção para quem está se locomovendo e já ajuda a reduzir os efeitos nocivos em seu organismo; já durante a noite a recomendação é deixá-lo carregando em um cômodo diferente, longe da sua cama. Esses cuidados são suficientes para que a produção de espermatozóides volte ao normal com o tempo.

Claro que estamos longe de culpar os smartphones por problemas de infertilidade, mas todo o cuidado nunca é demais e é sempre bom pensar na sua saúde.

Fonte: Telegraph.

relacionados


Comentários