Meio Bit » Baú » Games » Warren Spector comemora espaço dado aos indies

Warren Spector comemora espaço dado aos indies

Na opinião de Warren Spector, o espaço que tem sido dados aos indies é algo que devemos comemorar. Concorda?

23/02/2016 às 13:00

warren-spector

Talvez mais do que pelos jogos que já criou, eu tenho uma grande admiração por Warren Spector pelas opiniões que ele costuma dar em relação a indústria. Com uma larga experiência, o game designer não costuma se esconder quando é questionado e por isso vez ou outra vemos ele fazer comentários que considero bastante interessantes.

Dessa vez o diretor de jogos como Deus Ex e Epic Mickey concedeu uma entrevista ao site Gamasutra e uma parte que chamou minha atenção foi a em que ele criticou os títulos voltados para o grande público e defendeu os jogos e desenvolvedores independentes.

Não acredito que direi isso — nunca trabalharei na indústria novamente — mas no espaço mainstream eu realmente não tenho visto muito progresso. É como se estivéssemos recebendo versões mais afinadas, mais bonitas de jogos que temos jogado há anos.

Agradeço a deus pelo espaço indie, existem pessoas tentando coisas interessantes por lá.

Spector ainda falou que pretende explorar a criação de personagens com uma melhor inteligência artificial, algo que segundo ele já funciona bem quando se trata dos combates (o que discordo), mas que ainda precisa ser muito melhorado no que se refere a interação que temos com eles, permitindo assim a criação de uma relação emocional com os personagens que encontramos durante as aventuras.

Talvez não seja coincidência o game designer querer seguir pelo mesmo caminho de Ken Levine, afinal eles trabalharam juntos na criação do System Shock e outra filosofia do pai do BioShock que Warren Spector pretende seguir é a de o jogo nos permitir contar nossas próprias histórias, com a expectativa de que ele consiga implementar isso já no seu próximo projeto, o promissor System Shock 3.

Mas voltando a questão dos indies, como alguém que preza tanto pela criatividade nos games eu não poderia concordar mais com o Spector, mesmo porque a “primavera indie” ainda possibilitou o retorno de diversos gêneros que por tanto tempo permaneceram dormentes, como os adventures, os survival horrors e os simuladores espaciais.

Portanto, vida longa aos indies e vida longa a Warren Spector, um sujeito que pode não ser o maior game designer de todos os tempos, mas que quase sempre tem algo legal a dizer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários