Meio Bit » Baú » Software » Windows XP para Windows 7 - format c: recomendado

Windows XP para Windows 7 - format c: recomendado

11/04/2009 às 15:43

Parece que o caminho para o cenário de upgrade sendo testado pela Microsoft é Windows Vista para Windows 7. É algo que eles pedem para os usuários do beta pois reflete melhor o mundo real. Por isso, para o Release Candidate, eles pedem para ou reverter para o Vista e fazer o upgrade, ou então instalar uma cópia limpa.

Os dados coletados entre milhões de instalações mostrou que muitos usuários simplesmente formatam a máquina e instalam o sistema operacional num ambiente limpo e configuram a partir daquele ponto. Se for um parque de máquinas, configura-se uma e depois a imagem é transferida.

O post é interessante por mostrar como a empresa vem coletando milhões de linhas de informação sobre drivers, upgrades o que funciona, o que ele não reconheceu e até mesmo instalação de drivers de terceiros. E obviamente como o sistema se comporta, em performance e estabilidade.

Mas no meio do post, uma notícia que pode não agradar muita gente. O Windows XP até será atualizado, mas segundo eles, as mudanças foram grandes demais entre ele e o Windows 7 para tentar garantir um upgrade completo. Portanto, o caminho ideal é fazer uma instalação limpa o bom e velho format c: seguido de setup.

We’re just trying to be deterministic and engineer the product for the real world. Speaking of the real world, many have asked about upgrading from Windows XP. There's no change here to the plan as has been discussed on many forums. We realized at the start of this project that the “upgrade” from XP would not be an experience we think would yield the best results. There are simply too many changes in how PCs have been configured (applets, hardware support, driver model, etc.) that having all of that support carry forth to Windows 7 would not be nearly as high quality as a clean install. This is something many of you know and already practice. We do provide support for moving files and settings and will prompt at setup time, but applications will need to be reinstalled. We know that for a set of customers this tradeoff seems less than perfect, but we think the upfront time is well worth it.

Eu particularmente concordo com a abordagem. O upgrade será possível, mas os aplicativos precisam ser reinstalados. Convenhamos, fazer o upgrade de um sistema que foi lançado há 8 anos atrás com outro que obviamente muda tudo, desde o nível hardware-software, não seria a abordagem mais inteligente. O que aconteceria é uma legião de máquinas mal configuradas, com drivers velhos de periféricos xingling e otimização zero.

Fonte: Engineering Windows 7

relacionados


Comentários