Meio Bit » Baú » Games » Saiba se o seu PC está pronto para o HTC Vive

Saiba se o seu PC está pronto para o HTC Vive

Ansioso pela chegada do HTC Vive, mas não sabe se o seu computador dará conta do recado? Então baixe uma ferramenta que fará uma verificação e apontará quais componentes precisão ser trocados.

23/02/2016 às 8:31

htc-vive

Ontem a HTC confirmou o preço que será cobrado pelo Vive, o dispositivo de realidade que a empresa está desenvolvendo em parceria com a Valve e embora os US$ 800 pedidos estejam longe de ser acessíveis à maioria das pessoas, muitos estão esquecendo de todo o resto necessário para podermos utilizar o aparelho.

Sim, brincar com a realidade virtual exigirá um computador relativamente poderoso, um com pelo menos um Intel i5-4590 ou um AMD FX 8350 e 4 GB. Mas na minha opinião, o que pega mesmo é a necessidade de uma GPU GeForce GTX 970 ou uma Radeon R9 290, peças que provavelmente obrigarão uma boa parte de interessados a fazer um upgrade e assim o gasto total poderá se tornar bem salgado.

Então, para facilitar a vida daqueles que querem saber como o seu computador se comportará diante da nova tecnologia, a Valve criou o SteamVR Performance Test, uma ferramenta que serve justamente para verificar os componentes que temos instalados nele e nos dar algumas informações para que possamos nos preparar para a chegada do Vive.

O SteamVR Performance Test mede o poder de renderização do seu sistema usando uma sequência de dois minutos da demo Valves Aperture Robot Repair VR. Após coletar os dados ele determina se o seu sistema é capaz de rodar o conteúdo em realidade virtual a 90 fps e se o conteúdo em RV pode adaptar a fidelidade visual a um nível recomendado. Para as máquinas que não estão prontas para a realidade virtual a ferramenta pode ajudar a determinar se a capacidade está limitada pela placa de vídeo, pelo CPU ou por ambos.

Como pode ser visto na descrição da ferramenta, talvez o mais interessante nela seja essa capacidade de apontar quais componentes precisarão ser trocados para termos uma experiência melhor, embora eu admita que nunca confio muito nesse tipo de programa.

Com quase todos os componentes do meu computador abaixo do exigido, confesso que nem cheguei a testar o SteamVR Performance Test, principalmente porque não tenho a menor vontade (nem previsão) de trocar a minha querida GTX 680 e por tudo isso continuo achando que a Sony tem nas mãos uma baita oportunidade de ganhar uma boa fatia deste mercado. Eu explico.

Enquanto montar um PC que consiga rodar satisfatoriamente a realidade virtual poderá custar uma pequena fortuna, qualquer PlayStation 4 aceitará tranquilamente o HMD da Sony e mesmo que a empresa cobre pelo PS VR os mesmo US$ 800 pedidos pela HTC, inicialmente o conjunto sairá bem mais barato do que ter que certos alguns upgrades no computador (no meu caso seria uma troca quase completa).

Enfim, o fato é que depois de tanto esperarmos pela chegada dos dispositivos de realidade virtual ao grande público, pelo jeito muita gente ainda terá que esperar vários outros anos para poder ter acesso a um.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários