Meio Bit » Baú » Games » Vega+, a versão portátil do ZX Spectrum

Vega+, a versão portátil do ZX Spectrum

Retro Computers inicia campanha para financiar a produção do ZX Spectrum Vega+, um videogame portátil baseado no lendário computador criado por Clive Sinclair.

17/02/2016 às 10:00

spectrum-vega-plus

A onda de tentar ressuscitar consoles e computadores antigos (ou pelo menos suas marcas) parece estar longe de passar e depois de termos visto uma campanha de financiamento coletivo para tentar trazer de volta o ColecoVision, eis que surge algo parecido para a criação de um portátil baseado no ZX Spectrum.

Buscando £ 100 mil e já estando bem próximo de atingir a meta, o ZX Spectrum Vega+ será um aparelho com tela LCD e que poderá ser ligado à televisão, permitindo assim que os jogadores escolham entre jogar em qualquer lugar ou desfrutar do conforto de uma tela maior.

Contudo, infelizmente os envolvidos no projeto não revelaram detalhes sobre as especificações técnicas do videogame, dizendo apenas que ele virá com 1.000 jogos licenciados na memória e entrada para cartões microSD, onde poderemos colocar outros títulos.

Com seu desenvolvimento ficando sob a responsabilidade da Retro Computers e seu belo design sendo assinado por Rick Dickinson, mesmo profissional que desenhou todos os outros aparelhos da linha ZX, os interessados terão que pagar pelo menos £ 100 por uma unidade e esperar até setembro deste ano para ter acesso a ela, o que se levarmos em consideração o histórico dos responsáveis pelo projeto, deverá mesmo acontecer.

Digo isso porque no final de 2014 Clive Sinclair e cia iniciaram uma campanha para lançar um console baseado no ZX Spectrum e hoje realmente temos a possibilidade de adquiri-lo, portanto não acredito que uma lenda como ele queimará seu nome vendendo algo que não será entregue.

Se não fosse chegar por aqui custando o mesmo que um carro popular, eu gostaria muito de comprar um ZX Spectrum Vega+, mas confesso que no fundo essa onda retrô de consoles só me faz pensar no quanto eu gostaria que a Sega se arriscasse com algo parecido e nos desse a oportunidade de financiar um novo Dreamcast, ainda mais se fosse portátil. Já pensou na quantia de dinheiro que algo assim arrecadaria?

Fonte: VentureBeat.

relacionados


Comentários