Meio Bit » Baú » Segurança » 97% dos emails são spam

97% dos emails são spam

08/04/2009 às 14:27

Foi esta a conclusão de um relatório publicado pela Microsoft, que analisou o tráfego de emails entre junho e dezembro de 2008. Existe uma grande flutuação no volume absoluto de mensagens, já que as botnets que costumam enviar enormes quantidades de spam são detectadas, desabilitadas, e novas são criadas. Entretanto, chegamos em um patamar que a vasta maioria é lixo.

Um dado interessante é o mapa mundial da taxa de infecção por malware. Vejam os países marcados em vermelho:

Enquanto a taxa global média de máquinas infectadas é de 8.6 a cada 1000, no Brasil e Rússia este número é três vezes maior. O artigo cita que no Brasil em particular muitas infecções são feitas através de emails que enganam o usuário a pensar que se trata de um email de sua instituição bancária.

Os leitores do Meio Bit não são o público-alvo típico deste tipo de infecção, e é ai que mora o problema: na educação dos usuários leigos, que continuam clicando em qualquer coisa que recebem no e-mail. É muito difícil educar este tipo de usuário, que agora ainda por cima tem que se preocupar com arquivos .pdf também. Outros problemas específicos ao Brasil que posso citar:
- alta taxa de cópias piratas do Windows, que acabam não tendo suas atualizações de segurança instaladas automaticamente.
- Uso de sistemas de email com defesa anti-spam e anti-phishing ruins, como o próprio Hotmail da Microsoft. Pessoalmente, eu tenho usado o Gmail há vários anos e ele tem feito um trabalho excelente de filtrar estas mensagens potencialmente perigosas, com quase nenhuma intervenção.
[via BBC]

relacionados


Comentários