Meio Bit » Baú » Mobile » India quer leis pesadas contra chatos do celular

India quer leis pesadas contra chatos do celular

07/04/2009 às 14:47

Sabe aquele chato que fica mostrando pra todo mundo o sensacional toque Missão Impossível que ele acabou de comprar, no celular novinho made in Casas Bahia, adquirido em 78 prestações? Ou o idiota que liga pra todo mundo dizendo "estou no cinema, não me ligue", ou a neurótico do restaurante que fala tão alto que a menos que o namorado esteja em outro continente, o celular é desnecessário?

Multiplique isso por um país com 277 milhões de habitantes usuários, e que comprou 132 milhões de celulares, só em 2008. Isso é a India.

A situação já chegou ao ponto de médicos falarem ao celular durante consultas e ser comum gente telefonando no meio de filmes, discutindo o enredo em tempo real.

Por isso o Comitê de Petições, um órgão do Parlamento Indiano se mostrou favorável a uma petição de um tal de Gurjit Singh, que pete, digo, pede:

Tornar ilegal o uso de celulares em funerais e templos;
Instalar bloqueadores de celular em escolas;
Instalar bloqueadores de celular em estradas para evitar acidentes;
Punir com prisão servidores públicos que usem celulares em horário de trabalho;
Tornar ilegais celulares com câmeras "para proteger as mulheres"

Embora o Mr Singh seja evidentemente louco, parte do que ele pede faz sentido. Da mesma forma que só por Força da Lei fumantes foram proibidos de jogar fumaça na nossa cara em restaurantes, ônibus e aviões, é preciso uma força repressora para que as pessoas entendam que não há nada demais em celulares, não são mais símbolos de status e que ninguém está interessado em suas conversas.

Que a proposta indiana não vai ser aprovada, é fato, conhecendo o lobby mundial do funcionalismo público, mas espero que dê frutos, e sigamos o exemplo.

Fonte: Times (não New Roman)

relacionados


Comentários