Meio Bit » Baú » Internet » Pior que o Zika, vivemos uma epidemia de Síndrome de Mulder

Pior que o Zika, vivemos uma epidemia de Síndrome de Mulder

Incrível, fantástico, mulher fotografa uma imensa nave extra-terrestre em Santa Catarina e… não. Lamento. É triste mas esse tipo de bobagem é espalhada pela internet por gente sem o menor senso crítico. Qual será o motivo disso? Será tão complicado identificar esse tipo de fraude? Clique e descubra a resposta, que você já sabe que é “não”.

10/02/2016 às 11:17

x_files___i_want_to_believe_by_ramaelk-d4zlmrd

Costumamos brincar que se algo está na internet, é verdade, mas depende. Existe um desejo de contestação que faz com que só seja verdade aquilo que vai contra o conhecimento estabelecido. Em termos de psicologia, isso é chamado Efeito Wherner-Kraftwagen, um desejo inconsciente de se destacar da multidão.

Ao repassar teorias conspiratórias o sujeito não está preocupado em deter os terríveis Illuminati. Ele quer mostrar aos outros que detém informação especial, sabe de algo que eles não sabem. A falta de preocupação com fontes faz com que o repassador da notícia herde todos os méritos de sua descoberta.

Essa fome de ser fonte, de mostrar conhecimento é algo que está profundamente enraizado na cultura brasileira, por isso somos campeões mundiais de correntes online. Um exemplo é a curiosa tradição de publicar sinopses de novela em jornais. A pessoa compra, lê o que vai acontecer a semana inteira, vai no salão retocar a balaiagem e vira o centro das atenções, contando para as amigas as novidades.

O importante é se sentir importante. Por isso o sucesso das religiões pentecostais. Esqueça doutrinas filosóficas de comportamentos morais, esqueça suave contemplação de seu lugar no Universo. Você não é só mais uma formiguinha no inefável plano divino. Você é um ator principal.

okifmoz09np1bk79edip

Seus problemas não são sua culpa, ou culpa do acaso. Lúcifer Estrela da Manhã, o Diabo, a segunda criatura mais poderosa do Universo está preocupada em estragar seu dia. Perdeu o ônibus? Foi o diabo. Fez besteira no serivço? Satanás. Pegou a vizinha e a mulher descobriu? Tentação do demônio. E mais, você não é impotente. Com ajuda do pastor você consegue derrotar e expulsar o líder de mil exércitos, o Rei do Inferno. Não soa muito melhor do que ser um macaco pelado irrelevante no Grande Esquema das Coisas?

Quanto mais exagerada a teoria conspiratória, melhor. Quanto maior o establishment a ser demolido, melhor. Quem está denunciando se sente mais importante ainda, apesar das falhas lógicas, como conspirações milenares e governos mundiais secretos serem incapazes de tirar do ar uma página feita em 1977 com layout de 1963 e hospedada no blogspot.

Há uma total e completa ausência de pensamento crítico, questionar minimamente é ser cético, e isso é dito de uma forma quase ofensiva: vocês céticos não acreditam em nada. Errado, céticos acreditam em monte de coisas, só não acreditam em coisas sem um mínimo de evidência factual.

Sobre evidência aliás é curioso como os teóricos da conspiração não têm problemas em abrir mão de consistência. As imagens do rosto de Marte que geraram toda aquela bobagem foram fornecidas pela NASA, mas quando a mesma NASA mostra imagens mais detalhadas, aí não são confiáveis.

3070910

O trabalho científico que comprovou relação entre vacinas e autismo é tratado como se tivesse sido achado escrito em pedra no alto de uma montanha, mas a mesma Lancet que publicou o trabalho perde toda a autoridade quando o recolhe, depois que descobriram que a pesquisa envolveu só 12 crianças, e os dados foram todos manipulados, e o picareta autor da “pesquisa” perdeu até a licença de médico.

Um campo fértil e adubado para conspiradores são os UFOs. Se você jogar uma pedra pra cima, um ufeiro vai fotografar com uma batata e postar em um site denunciando alguma conspiração alienígena.

Carl Sagan gostava de dizer que alegações extraordinárias exigem provas extraordinárias, mas na internet isso não existe. Um exemplo foi uma bobagem que apareceu no meu Twitter esta semana:

Caua2W6WEAABonn

A imagem original era mais “impressionante” ainda, de uma janela de avião uma paisagem com essa nave-mãe. Antes de ser apagado o post tinha mais de 3.000 compartilhamentos e não sei quantos likes. Os comentários iam de gente celebrando a volta de Jesus a xingamentos ao PT, mas até aí tudo bem, nos termos de uso dos portais e Facebook é obrigatório associar negativamente o PT a todos os posts.

Uma ínfima fração dos comentaristas apontava a situação como improvável, e eram prontamente atacados como “céticos”, a ofensa-padrão. O abnegado autor do post o blindou contra qualquer ataque, afinal se declarou cético, disse conhecer pessoalmente a autora da foto e que a pessoa não tem qualquer interesse em se promover. Como pode não ser real?

O problema é que o ceticão esqueceu alguns pontos básicos:

  • primeiro de tudo, como assim a pessoa vê uma nave-mãe digna de invasão alienígena e só faz UMA foto?
  • como mais ninguém no avião percebeu a tal nave? Ninguém mais fez foto?
  • nenhum vídeo, também?
  • essas nuvens não estão estranhamente transparentes?
  • na foto original percebe-se que tudo está fora de foco MENOS a nave, o que é estranho, a menos que ela esteja a menos de um metro da câmera.

Bem, a nave que não tem explicação em Santa Catarina 4/2/2016 apareceu na Índia em outubro de 2015…

311124

Na China também…

311117

Curioso como ninguém está dando atenção para um fenômeno desses…

4 meses atrás ela apareceu em Joanesburgo também.

eMPbxSu

Achei isso tudo em 5 minutos usando apenas o Google Image Search. Claro que somente tablóides vagabundos e sites de ufeiros publicam essas imagens, eles não fazem os questionamentos errados.

Então temos duas possibilidades: ou temos uma nave espacial alienígena que sempre é fotografa do mesmo ângulo…

same-face-duck-girl

Ou alguém está usando a mesma foto. Será que conseguimos achar a original? Conseguimos sim senhor.

disco

Uma bela ilustração, mas só isso. Usada indiscriminadamente por gente sem escrúpulos querendo ganhar dinheiro (ou pontos de internet) abusando da ingenuidade — ok, da burrice — alheia.

Não é preciso ser especialista em nada para identificar essas fraudes, é preciso apenas bom-senso e boa vontade. Se todo mundo fizer isso, esse bando de parasitas que geram esse tipo de lixo perderá a base que replica essas porcarias, e acharão algo melhor para fazer, como comer cocô.

Lembre-se do lema do Captain Disillusion, um canal que todo mundo deveria assinar: ame com seu coração, use sua cabeça para todo o resto. E isso significa entender que algo estar em uma página bonita cheia de logos oficiais não quer dizer nada. O tal Efeito Wherner-Kraftwagen que comentei lá em cima? Acabei de inventar.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários