Meio Bit » Baú » Games » Starward Rogue, o jogo que muitos querem mas poucos compram

Starward Rogue, o jogo que muitos querem mas poucos compram

Após ver um grande número de pessoas adicionar seu último lançamento às suas listas de desejos, mas as vendas não decolarem, a Arcen Game anuncia a demissão de funcionários e nos faz pensar na indústria de games como um todo.

01/02/2016 às 13:00

Starward-Rogue

Vez ou outra ficamos sabendo do caso de um estúdio independente que lançou algum jogo e fez um enorme sucesso, conseguindo milhões de dólares em poucos dias e por isso temos a tendência a achar que qualquer um pode ficar rico criando games ou que este é um mercado onde só temos vencedores.

É claro que isso está muito longe da realidade e para demonstrar o quão dura pode ser a indústria dos videogames, lhes apresento a história da Arcen Games e do seu último lançamento, o Starward Rogue, que embora esteja sendo bastante elogiado pela maioria dos que o compraram, tem se mostrado um fracasso comercial.

Em um extenso post no blog da empresa, Chris Park revelou alguns números do título e fez o anúncio que ninguém gostaria de ouvir: devido as baixas vendas o estúdio terá que demitir vários funcionários, o que acontecerá ainda hoje.

“Estamos perdidos num mar de outros títulos. Cerca de 9.000 pessoas no Steam adicionaram o título às suas listas de desejos, o que é fantástico — na próxima vez em que ele receber um desconto, espero que elas o comprem. Por outro lado, cerca de 2.100 pessoas compraram o jogo no Steam ou na Humble Store.

Nós nunca tivemos uma resposta tão incrível e vendas tão fracas. Geralmente aparecemos na lista de mais vendidos do Steam entre os 40 na parte mais baixa, e subimos até perto dos 10 mais vendidos.”

Talvez este seja apenas um caso de mau gerenciamento ou de uma aposta exagerada no sucesso comercial de um jogo, mas a triste situação do estúdio serve para pensarmos um pouco no quão difícil é se destacar no meio de tanta coisa que é lançada diariamente no Steam e no quão injustas (se é que esta é a palavra) são as promoções da loja, pois graças a elas ficamos mal-acostumados, sempre querendo pagar o mínimo possível — tudo bem, não podemos ser culpados por isso, mas enfim…

O fato é que com as demissões fica a dúvida sobre o lançamento do Stars Beyond Reach, novo título da Arcen Games que originalmente deveria ser disponibilizado em maio de 2015, mas que havia sido adiado para o segundo trimestre deste ano e embora Park afirme que os planos continuem, não ficarei surpreso se a produção for adiada novamente.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários