Meio Bit » Baú » Segurança » Microsoft desenvolve tecnologia cronotemporal para combater bugs

Microsoft desenvolve tecnologia cronotemporal para combater bugs

01/04/2009 às 13:46

Depois de ter se revoltado por ver a Microsoft criticada mesmo corrigindo no dia seguinte um bug que o Firefox levou 15 dias para resolver, Steve Ballmer, CEO da Microsoft direcionou todos os recursos da Microsoft Research para a criação de uma nova e revolucionãria abordagem para os bugs de computador.

Um grupo, encabeçado pelo físico Herbert George Brown, desenvolveu um sistema através do qual sondas são enviadas para períodos determinados no futuro, o conteúdo da MSDN é capturado e no retorno ao presente toda a informação é repassada para a equipe de segurança da Microsoft.

O Capacitor de Fluxo da Microsoft,
que permite a viagem no tempo, ou uma tela azul

Novas versões das sondas possuem capacidade de armazenamento para trazer não só as páginas como os arquivos de atualização, hotfixes e tutoriais.

Steve Ballmer está em êxtase:

"Isso é incrível. Não só podemos corrigir os bugs antes deles acontecerem como podemos utilizar essa tecnologia para novos produtos. Aguardem em breve o msPhone 4G, o msBook Touch e nosso novo e revolucionário player, msTunes 2000."

Boatos já apontam para uma utilização geral da tecnologia de sondas temporais da Microsoft. O departamento de desenvolvimento de novos sistemas operacionais por exemplo foi todo demitido, ao mesmo tempo em que o MSOS-X foi anunciado. Curiosamente só foram mantidos os programadores com experiência em Objetive-C.

O único problema é que cada sonda utiliza Plutônio para gerar os 1.21 Gigawatts necessários à viagem no tempo, e o Governo Americano se recusa a fornecer o material para empresas privadas.

"Tudo bem" - disse Ballmer - "É para isso que temos a Microsoft Líbia".

relacionados


Comentários