Meio Bit » Baú » Games » Mais mortes relacionadas aos games

Mais mortes relacionadas aos games

31/03/2009 às 18:00

Ontem a mídia inglesa noticiou dois casos de mortes… bizarras e que infelizmente estão de uma maneira ou outra ligada com videogames. O primeiro deles, que do alto da minha ignorância, considero uma simples coincidência, fala sobre um rapaz saudável de 25 anos, Tim Eves, que estava fazendo exercícios no seu Wii Fit e que simplesmente caiu morto após alguns minutos de jogatina, isso na frente de sua namorada e de um amigo.

A tragédia ocorrida no dia 4 de março pode ter sido causada devido a uma morte súbita por arritmia, problema que mata cerca de 500 pessoas todos os anos. Pessoas com essa síndrome correm o risco de que seus corações parem de bombear sangue para o cérebro enquanto estão fazendo exercícios físicos, o que acaba causando a morte repentina.

O outro caso trágico aconteceu quando um homem de 62 matou a esposa com quem era casado por três décadas e mãe de seus três filhos. O motivo do homicídio seria a falta de atenção que a vítima estava dando ao marido depois desse ter comprado um Playstation para o filho mais novo. A mulher de 46 teria inclusive levado a TV de 37” para o quarto, onde muitas vezes ficava jogando até amanhecer e o homem estaria inclusive dormindo no sofá.

A gota d'água foi quando em novembro passado, Carol Cannom pediu para Malcolm Palmer sair de casa. O homem desconfiava que a esposa tivesse um amante e na noite de ontem partiu para cima da vítima com duas facas, acertando-a 20 vezes. Para tornar tudo mais terrível, o crime foi cometido na frente do filho de 10 anos, que por sinal era o dono do videogame e foi quem ligou para o serviço de emergência.

E novamente vemos os videogames envolvidos com mortes, infelizmente.

[via Mail Online e Telegraph]

relacionados


Comentários