Meio Bit » Baú » Fotografia » Arriscando a vida por uma foto

Arriscando a vida por uma foto

29/03/2009 às 21:27

É muito comum fotógrafos se arriscarem para tirar fotos. Os que mais se arriscam são correspondentes em guerras e os que fotografam a vida selvagem. As motivações para se correr o risco são varias e claro que o dinheiro é uma delas, mas há outras que pesam muito como a satisfação pessoal de ter tirado uma boa foto em meio a tanta adversidade, ou de mostrar ao mundo algo importante.

Fotógrafos profissionais das categorias acima estão conscientes dos riscos que correm e fazem o possível para minimizar estes riscos, mas mesmo assim muitas vezes alguns são imprudentes e Darwin não perdoa. Lembro de um documentário na Discovery, onde um fotógrafo viajou pelo mundo para fotografar as 10 cobras mais venenosas e mesmo ele sabendo dos riscos foi muito imprudente e acabou sendo mordido duas vezes, e por sorte foram mordidas de raspão e a cobra não injetou muito veneno.

Sou um amante de fotografia macro e as aranhas são sempre fascinantes neste tipo de foto. Como em minha casa tem um pequeno jardim, é comum aparecerem algumas delas e até no meio da casa é comum encontrá-las. A maioria delas são bastante inofensivas e ate mesmo muito úteis a nós como as Papa Moscas, que ajudam manter a população de insetos controlada.

Jumping Spider Hunting

Papa moscas em ação.

Fotografia macro exige paciência, persistência e concentração e a pessoa acaba se concentrando muito na foto e no assunto fotografado e isto pode ser arriscado.

Esta semana apareceram duas aranhas em minha casa que eu tratei de fotografá-las. Uma grande estava no chão do banheiro e a outra pequena na parede do meu quarto. Em ambos os casos eu apoiei minha mão na superfície que elas estavam para ter mais estabilidade e deste modo minha mão ficou próxima a elas.

A aranha grande possuía uns 4cm e assustava, enquanto que a pequena devia ter em torno de 1,5cm e possuía uma cara meio engraçada. A primeira aranha, um amigo meu biólogo identificou a família e disse que o veneno dela é pouco tóxico não representando perigo algum. Já a segunda aranha, a que parecia mais inocente, foi identificada por várias pessoas como sendo possivelmente uma aranha marrom, que é bastante venenosa e seu veneno causa necrose.

Spider - Crop

Close da suposta aranha marrom.

Para minha sorte as aranhas marrons não são agressivas e a maioria dos ataques acontece quando a pessoa acidentalmente encosta nela e a assusta.

Isso foi um bom alerta que resolvi compartilhar com vocês, pois agora mais que nunca acredito que não se deve apenas estudar fotografia, mas também estudar o que você pretende fotografar seja você profissional ou amador.

relacionados


Comentários