Meio Bit » Baú » Indústria » Redmi 3, o novo smartphone de entrada da Xiaomi

Redmi 3, o novo smartphone de entrada da Xiaomi

Xiaomi lança na China o Redmi 3, seu novo smartphone de entrada com boas especificações e preço atraente

12/01/2016 às 9:31

redmi-3

A Xiaomi pode até ter má fama de copiar a Apple e outras empresas na cara dura, mas a companhia chinesa do Hugo Barra está conseguindo fazer algo que em tempos de fim da Lei do Bem parece um sonho distante: lançar aparelhos com especificações decentes com os preços lá embaixo. O Redmi 2, que é um aparelho decente chegou aqui custando míseros R$ 499. A versão Pro, que apesar do nome a única vantagem são os 16 GB de espaço interno hoje sai por R$ 649, não exatamente uma pechincha mas comparado ao preço do Moto G 2015 hoje, ainda sai na frente.

O Redmi 3, anunciado nesta semana segue a mesma linha, de boas características e um valor que cabe no bolso.

O novo smartphone da Xiaomi é novamente um dispositivo de entrada, apesar das especificações serem boas (tirando a Samsung, foi-se o tempo que entry level era sinônimo de celular barato no mau sentido). Ele possui corpo com acabamento em metal, três opções de cores e um display LCD IPS de 5 polegadas com resolução HD (294 ppi). Por dentro ele é equipado com um Snapdragon 616, octa-core da Qualcomm com CPU Cortex-A53 de 1,5 GHz e GPU Adreno 305, 2 GB de RAM, 16 GB de espaço interno (expansível até 128 GB via Micro-SD), câmera principal de 13 megapixels com Flash LED, câmera selfie de 5 MP (ambas com abertura f/2,2″), redes 4G/LTE com Dual SIM 4G, bateria generosa de 4.100 mAh e Android 5.1 Lollipop com a camada de customização MIUI 7.0.

Por enquanto o Redmi 3 estará disponível na China por um valor equivalente a R$ 430 aproximadamente. Não há previsão de quando ele estará disponível em outros países mas considerando os esforços da Xiaomi em se expandir, não deve demorar para ele dar as caras por aqui. E claro, por um preço decente.

Fonte: Xiaomi.

relacionados


Comentários