Meio Bit » Baú » Internet » Silverlight 3: Flash superado, em menos de 3 anos

Silverlight 3: Flash superado, em menos de 3 anos

25/03/2009 às 17:19

Em recursos, ferramentas, documentação, suporte a linguagens, apoio ao desenvolvedor, mas não em base instalada. O Flash ainda está muito na frente de qualquer outro concorrente. Mas até 2007, era a única opção dos desenvolvedores por anos, já que a Sun demorou uma década para lançar o JavaFX. Perdi muito sono com o apoio paupérrimo ao desenvolvedor como ActionScript cada vez mais macarrônico e um lixo de orientação a objetos.

A compra da Macromedia pela Adobe foi uma benção e muita coisa melhorou desde então, mas ainda era a única opção viável quando se falava em RIA.

Em setembro de 2007 nasce o Silverlight e as tribos anti-qualquer-coisa-Microsoft logo se uniram para descartar a tecnologia como risível, sem nem mesmo ter idéia do que estavam falando. Um desenvolvimento acelerado foi iniciado e 12 meses depois o Silverlight 2 foi lançado. E agora, aproximadamente 6 meses depois, já está disponível o beta do Silverlight 3, absolutamente pinhado de novidades e recursos e com um footprint 30kib menor (melhor compressão e limpeza de código, segundo o Scott Guthrie).

E o que impressiona é que ele faz MUITO mais do que o Silverlight 2. Algumas das novidades que podem ser lidas no changelog completo:

Suporte para vídeo e áudio de alta qualidade
MPEG-4 H.264/AAC, playback full HD (720+) e aceleração do vídeo através da GPU. Raw AV para suporte a codecs de terceiros e proteção de conteúdo (o infame DRM).

Gráficos
Aceleração gráfica 3D através da GPU, recursos novos de animação e efeitos. Perpectiva 3D, efeitos de pixel shader, cache de bitmap e uma nova API para Bitmaps. Esse último permite criar aplicativos gráficos como correção de olhos vermlhos de uma foto e games.

Ainda na área de gráficos, suporte a temas e skins, estilos em cascata, efeitos especiais de animação e API para criar animações fluidas e naturais usando funções matemáticas. Melhorias na renderização e maior suporte a fontes.

Desenvolvimento/RIA
Mais de 60 controles prontos e com o código-fonte, totalmente editáveis e customizáveis. Suporte a deep linking, que permite bookmarks no browser para dentro de uma aplicação RIA. Search Engine Optimization (SEO): um dos maiores problemas das tecnologias RIA, agora permite indexação do conteúdo por mecanismos
de busca como o Google.

Dados
Melhorias no data-binding (conectar dados ao controle de interface e manipulação), templates de validação de erro, melhorias de fornecimento de dados, XML binário (maior performance, menor transmissão) e muito mais.

E isso tudo é apenas uma pequena amostra do que já está disponível para os desenvolvedores começarem a brincar.

Fonte: Building Microsoft Silverlight Controls, InfoWorld

relacionados


Comentários