Meio Bit » Baú » Games » Após quase 5 anos, jogador cego termina o Ocarina of Time

Após quase 5 anos, jogador cego termina o Ocarina of Time

Com toda a aventura registrada em vídeo, um jogador cego precisou de cinco anos para conseguir a façanha de chegar ao final do The Legend of Zelda: Ocarina of Time.

05/01/2016 às 10:00

ocarina-of-time2

No início de 2011 um rapaz chamado Terry Garrett estipulou a si mesmo um difícil objetivo: terminar o The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Para muitas pessoas essa não seria um tarefa da qual elas teriam motivo para se orgulhar, mas algo tornava a missão do americano bastante complicada, sua deficiência visual.

Estudante de engenharia da University of Colorado, Garrett criou um canal no Youtube para mostrar sua progressão e após quase cinco anos de tentativas ele finalmente atingiu seu objetivo, que era mostrar que conseguiria terminar também um jogo em três dimensões (anteriormente ele havia chegado ao final do Oddworld: Abe's Oddysee).

Caso você esteja se perguntando como o sujeito conseguiu isso, bom, ele contou com a ajuda de duas caixas de som localizadas à sua frente e de acordo com os sons que saiam dela, Garrett sabia onde estavam os inimigos, paredes e todo o resto do cenário. Algo praticamente incompressível para quem tem uma boa visão, mas que para ele foi de grande ajuda.

Além disso, o rapaz também recorreu ao save state do emulador para preservar seu progresso e por isso podemos dizer que a maior parte da aventura se deu na base da tentativa e erro. Alguns poderão dizer que assim ele trapaceou, mas levando-se em consideração sua limitação, acho que não há do que reclamar e no mínimo devemos lhe dar os méritos pela persistência.

No fim, ele agradeceu aqueles que o acompanharam nesta longa missão durante os últimos anos e os ajudaram enviando detonados, dando dicas e passando outros vídeos para que a tarefa fosse um pouco facilitada.

Caso não saiba, esta não é a primeira vez que ficamos sabendo de um deficiente visual que decidiu encarar o Ocarina of Time. Em 2010 o canadense Jordan Verner contou com a ajuda de um grupo de pessoas que criaram um extenso guia que o diria passo a passo o que fazer e assim também conseguiu derrotar Ganondorf.

Ambos os casos servem como belas lições de extrema força de vontade, mas se ainda assim você não se convenceu, veja o vídeo abaixo e pare de reclamar do Water Temple.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários