Meio Bit » Baú » Ciência » Padronização forçada faz Tesla praticar atos antinaturais com um Smart Car

Padronização forçada faz Tesla praticar atos antinaturais com um Smart Car

Padrões são coisas legais mas às vezes é melhor ser proprietário, como no caso de um sujeito na Alemanha que espetou seu Smart EV em um carregador da Tesla, só para descobrir que embora o conector seja o mesmo, por ordem da União Européia, o funcionamento não é…

26/12/2015 às 11:56

smart-supercharger

A União Européia tem uns surtos ditatoriais, como regular nomes de queijos nos EUA e aquele ridículo embate com a Microsoft para forçar a inclusão de uma lista de navegadores na instalação do Windows, quebrando o “monopólio” do Internet Explorer. Resultado zero, aliás.

Eles adoram padronizar conectores também. A Apple tem que fornecer adaptadores junto com seus cabos, para os carregadores funcionarem. Isso gera custos e inconvenientes, como descobriu um alemão dono de um Smart EV, versão elétrica daquele carrinho de brinquedo do grupo AMG.

Os Teslas usam um SuperCharger proprietário que passa muito mais energia, possibilitando cargas rápidas. Como isso pode ser danoso ao carro se ele não estiver preparado, o conector possui uma trava que prende o conector ao soquete no carro enquanto um software de diagnóstico conversa e detecta as características da bateria.

Só que na Europa todo carro elétrico tem que ter o mesmo conector. O dono do AMG Daimler foi burro (está escrito TESLA no SuperCharger) e espetou o conector no Smart, afinal o plug encaixava. A Tesla por sua vez nunca pensou que alguém fosse fazer uma besteira dessas. A trava travou, como toda boa trava, e travada ficou, pois o plug do Smart não era inteligente o bastante para entender os sinais do SuperCharger, que entrou em loop esperando o sinal de que poderia começar a carga.

O sujeito teve que ir dormir em um hotel, já que nem os números de auxílio nos carregadores atendiam.

Mesmo assim, yay padronização forçada, né União Européia?

Fonte: Electrek.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários