Meio Bit » Baú » Mobile » Quer editar documentos no Continuum? Assine o Office 365

Quer editar documentos no Continuum? Assine o Office 365

A partir de 01/04/2016, usuários do Windows 10 Mobile que quiserem editar documentos através do Continuum terão que adquirir uma assinatura do Office 365

21/12/2015 às 11:01

windows-10-mobile-continuum

A Microsoft mandou muito bem o Continuum, o recurso do Windows 10 Mobile que transforma o smartphone em um desktop plenamente funcional, basta um dock, um monitor, teclado e mouse Bluetooth. E como ele funciona via Wi-Fi, dá até para utilizar seu aparelho como pointer para apresentações.

A única coisa que não sabíamos era quanto iria custar para podermos brincar com o feature; agora a Microsoft explicou e sem muita surpresa, tudo está ligado ao Office 365.

Os poucos donos de dispositivos que rodam o Windows 10 Mobile, a saber apenas os Lumias 950 e 950 XL já podem utilizar o Display Dock (ele não é compatível com o Lumia 550), vendido por US$ 99 lá fora para testar o Continuum sem custos adicionais. Os demais que possuem aparelhos Windows Phone 8 elegíveis para o update terão que esperar a boa vontade da Microsoft em atualizá-los, algo que por enquanto não tem data para acontecer. De qualquer forma a gente sabia que dificilmente Redmond disponibilizaria a funcionalidade gratuitamente, ela é boa demais para não ser atrelada a um paywall.

Agora sabemos que a edição de documentos do Office, que por enquanto está liberada para todo mundo passará a exigir uma assinatura do Office 365 a partir de 1º de abril de 2016. Isso mantém a estratégia do produto em todas as plataformas móveis: onde antes o Office Mobile funcionava com uma conta gratuita, as versões melhoradas do Word, Excel e PowerPoint lançados para iOS e Android posteriormente para substituí-lo passaram a exigir a aquisição de um plano do pacote de programas para escritório para permitir a experiência completa.

Não é um plano de todo ruim: hoje o pacote Home custa R$ 26 por mês ou R$ 259 por ano, e dá direito a instalar o Office em 5 computadores, seja PC ou Mac; já o Personal sai por respectivamente R$ 21 e R$ 209 para apenas um desktop. Ambos trazem como bônus 60 minutos de conversas via Skype por mês e 1 TB de espaço no OneDrive, além de acesso aos programas na nuvem.

O grande problema nisso é que muito provavelmente a atualização para dispositivos antigos só chegará depois da mudança dos planos, e muita gente não terá a oportunidade de testar o Continuum em seus Windows Phones sem ter que pagar. Mas ele é um recurso que por si só justifica assinar o Office 365, principalmente para quem nao quer mais ter um PC em casa por já fazer tudo no smartphone.

Fonte: Microsoft.

relacionados


Comentários