Meio Bit » Baú » Ciência » Cidade rejeita fazenda solar, “os painéis vão sugar toda a energia do Sol e matar as plantas”

Cidade rejeita fazenda solar, “os painéis vão sugar toda a energia do Sol e matar as plantas”

As pessoas costumam ter medo do que não entendem, principalmente novas tecnologias, mas algumas vezes isso é indesculpável. Como uma cidade da Carolina do Norte que proibiu a construção de uma fazenda de energia solar, alegando que ela iria “sugar toda a energia do Sol e as plantas da região iriam morrer”.

14/12/2015 às 20:03

peasants-revolting

Em 1910 quando o Cometa Halley fez sua mais famosa passagem pela Terra o evento teve tons bem assustadores. A imprensa como sempre espalhou as opiniões mais estapafúrdias e menos aceitas entre a comunidade científica. Havia sido descoberto que a cauda do Halley continha cianogênio, (C2N2) um gás venenoso, e que a Terra passaria por ela.

Enquanto cientistas explicavam que ela era tão tênue que não teria efeito nenhum, charlatões vendiam pílulas anti-cometa, manuais de como vedar as casas, e previam o fim da vida na Terra.

Nada aconteceu, mas vários observatórios foram depredados. E se você acha isso coisa do passado, em 2009 cientistas italianos foram presos sob acusação de homicídio por não terem conseguido prever um terremoto.

As pessoas não entendem ciência, o povo das ruas tem medo e desconfiança, lembre-se da astróloga retardada que processou a NASA por colidir uma sonda em um cometa.

Agora a ignorância popular atingiu níveis épicos. Uma cidade entrou em modo Full Retard, e a regra é clara:

52583832

A cidade é Woodland, Carolina do Norte. Eles são lar de várias fazendas solares da Strata Solar, que como toda empresa do ramo aluga ou compra terrenos, instala painéis solares e vende a energia para as concessionárias.

Woodland é estrategicamente importante por ser próxima a uma grande subestação, e a Strata queria expandir seus negócios. Para isso pediram ao conselho municipal que alterasse as regras de zoneamento de uma área, de residencial para industrial. Assim poderiam construir outra fazenda solar.

O conselho negou, com base em várias manifestações nas audiências públicas.

Bobby Mann, um dos retardados da cidade disse que as fazendas solares iriam sugar toda a energia do Sol, não deixando nada para as plantações. Outra retardada, Jane Mann (não sei se são casados ou irmãos, como é Carolina do Norte, provavelmente ambos) que inacreditavelmente é uma professora de ciências aposentada foi além.

Ela está preocupada com a fotossíntese. Disse que observou vegetação próxima aos painéis solares e as plantas estavam marrons, mortas ou enfraquecidas. Sim, sua cavalgadura, planta na sombra não cresce. Por isso não se planta feijão em apartamento.

mo1

Os idiotas da cidade acham que os painéis solares captam mais energia do que incide diretamente neles, uma espécie de aspirador de luz solar, um buraco negro talvez.

Eu falei que piora?

A tal “professora” ainda falou que a cidade tem altos índices de câncer, e ninguém pode dizer a ela que painéis solares não causam câncer.

f3f77e1d1510c7563054e7372387efad

Verdade, ninguém pode dizer isso porque todo mundo quando ouve essa bostejagem cai no chão, espumando.

A empresa tentou argumentar explicando que eles não vão roubar luz das plantinhas, e que fazendas solares são absolutamente seguras, mas isso são apenas fatos e fatos são inúteis, você pode provar qualquer coisa que seja remotamente verdadeira, com fatos.

No final a votação acabou em 3×1 contra a modificação no zoneamento, e ainda votaram uma moratória em futuras fazendas solares. Parabéns, Woodland, continue assim em sua inexorável marcha rumo ao passado.

Fonte: Mashable.

relacionados


Comentários