Meio Bit » Baú » Games » Emotional Game Awards premiará os jogos mais emocionantes

Emotional Game Awards premiará os jogos mais emocionantes

Visando premiar os jogos que conseguirem entregar experiências emocionalmente complexas, o Emotional Game Awards acontecerá no ano que vem e serve para notarmos a evolução dessa mídia.

11/12/2015 às 13:00

the-walking-dead

Com a evolução dos jogos eletrônicos e o consequente amadurecimento da mídia, vários profissionais os tem utilizado para levar as mais variadas experiências às pessoas e isso inclui tentar fazer com que elas se emocionem. A tarefa está longe de ser simples, mas a partir do ano que vem será reconhecida no Emotional Game Awards.

Contando com um júri que será formado por profissionais de desenvolvedoras gigantes como a Rockstar e Ubisoft, a premiação é ideia do Dr. Erik Geslin, um produtor francês, especialista em realidade virtual e também professor na Arts et Métier ParisTech e o intuito será justamente celebrar os games como uma mídia de expressão emocional.

Apesar da grande variedade de temas e categorias, os videogames raramente induzem um estado emocional forte o bastante para levar os jogadores às lágrimas, ao contrário de várias mídias como o cinema, programas de TV ou literatura,” disseram os organizadores do EGA em um comunicado à imprensa. “Os Videogames que causarem ricas e complexas emoções — empatia, compulsão, tristeza, amor — serão recompensados.

Além da premiação propriamente dita, o evento que acontecerá no dia 12 de fevereiro contará ainda com uma game jam para desenvolvedores que durará 40 horas e será transmitida pela internet, onde o tema evidentemente será relacionado a emoções.

Mesmo sem que os prêmios para os indicados tenham sido revelados e sem acreditar que será isso que fará com que game designers invistam na criação de jogos carregados de experiências emocionantes, acho muito legal ver que algumas pessoas estão percebendo que a mídia pode ser uma ótima ferramenta também para contar histórias que não se resumam apenas a matar tudo o que encontrarmos pela frente ou com propostas para lá de rasas.

Títulos como Journey, Heavy Rain, The Walking Dead e Spec Ops: The Line são belos exemplos de como os games podem tocar as pessoas, da capacidade que eles possuem de nos fazer pensar e dependendo do quanto conseguir imergir em seus mundos e da sensibilidade da pessoa, até fazê-la chorar.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários