Meio Bit » Baú » Games » Sony: 2009 é o ano do PS3!

Sony: 2009 é o ano do PS3!

18/03/2009 às 18:11

Escolher qual videogame comprar não é das tarefas mais fáceis. Temos que levar muitos fatores em consideração, como preço, funcionalidades, biblioteca de jogos, mas acredito que um dos fatores principais na hora de tomar a decisão sejam os jogos exclusivos. Muitas vezes deixamos de adquirir um console simplesmente porque ele não possui uma franquia que gostamos muito e de acordo com a Sony, o Playstation 3 possui a melhor linha de exclusivos do mercado.

Durante uma entrevista concedida ao site GameDaily, Scott Steinberg, Vice Presidente de Marketing de produto da Sony, deu algumas declarações entusiasmadas sobre o Killzone 2. Além de dizer que o jogo é uma mostra da superioridade gráfica do PS3, ele afirmou que o adiamento do lançamento foi feito para que o jogo não concorresse com outros shooters exclusivos do consoles (Socom: Confrontation e Resistance 2). Para dar uma apimentada na guerra entre os videogames de alta definição, veja o que Steinberg soltou:

dori_ps3_18.03.09 Nós sentimos que o Killzone 2 é um tremendo exclusivo… Ele é capaz de fazer as pessoas mudaram de lado e pelo que temos visto em blogs, ele está fazendo os donos de um Xbox 360 testarem o PS3.

e

… Nós iremos trazer uma grande linha de exclusivos e serão implacáveis e com qualidade AAA…. No verão teremos o InFamous e vocês verão mais títulos excelentes durante a E3. Se os fãs do Playstation acharam que estávamos descansando sobre os louros do ano passado (?!?) e se os nossos concorrentes acharam que tinham nos tirado da jogada, ambos estavam errados!

Vale lembrar que até o início de 2010, o Playstation 3 deverá receber, “apenas”, Uncharted 2: Among Thieves, inFamous, MAG, Heavy Rain e God of War III. Será que com o lançamento do killzone 2 estamos começando a ver a volta por cima da Sony? A briga está começando a ficar interessante 🙂

PS: Só para constar, uma grande rede de lojas britânica disse que tanto o PS3 quanto o PSP deverão sofrer um corte nos preços muito em breve.

relacionados


Comentários