Meio Bit » Baú » Fotografia » Panasonic Lumix GH1: Primeiras impressões

Panasonic Lumix GH1: Primeiras impressões

18/03/2009 às 15:11

Quando a Panasonic Lumix G1 foi lançada, o estardalhaço foi enorme. A câmera era o primeiro fruto da parceria entre Olympus e Panasonic para o lançamento do sistema micro quatro terços. O equipamento era a primeira compacta do mundo a se utilizar de lentes intercambiáveis. Isso era possível com a eliminação do sistema de espelho existente nas DSLRs comuns. Dessa forma, a lente fica mais perto do sensor deixando o equipamento mais leve e com menor volume. O impacto no mundo da fotografia foi estrondoso. Alguns ficaram com um pé atrás, mas a maioria dos consumidores ficou entusiasmado com a nova tecnologia. Tanto que a câmera foi indicada como melhor lançamento da indústria fotográfica por quase todos os veículos de comunicação especializados. Porém, todos apontavam o único defeito que a câmera poderia ter. A falta de um modo de filmagem, mesmo que não fosse em alta resolução.

Porém, esse problema está quase solucionado. Na PMA 2009, que aconteceu no início de março, a Panasonic mostrou o protótipo da Lumix GH1. Ela é praticamente a mesma câmera, só que com capacidade de gravação de 1080i em 24 quadros por segundo ou 720p em 60 quadros por segundo. Outra mudança que deve acompanhar o equipamento é a lente do kit que deve passar a ser a 14-140mm, para incrementar um pouco mais a qualidade do vídeo. O único ponto extremamente negativo é o preço do novo equipamento. Se todo mundo já achava os U$ 800,00 da Lumix G1 bem salgados, podem ir se preparando para desembolsar em torno de U$ 1500,00 pela nova câmera.

O site Digital Camera Info teve acesso ao protótipo que estava exposto na PMA2009. Levando em consideração o pouco tempo disponível com o equipamento e o fato de não estarem em um ambiente controlado para testes, até que o texto produzido foi muito detalhado. A conclusão deles enaltece a qualidade da câmera, mas não pode comprovar de maneira objetiva a qualidade da gravação do vídeo justamente por não estar em um ambiente controlado e pelo fato do equipamento ainda não estar em sua versão final. Mas, isso não tira o brilho do empreendimento. Desde que anunciaram esse novo formato eu botei fé na empreitada. Só acho que a câmera desenvolvida pela Olympus é mais simpática.

Ainda não existem informações precisas sobre a data de lançamento da câmera e nem uma estimativa oficial de preço. Enquanto isso, é um bom aperitivo dar uma olhada na análise da Digital Camera Info.

relacionados


Comentários