Meio Bit » Baú » Games » Jogos poderão ter classificação etária modificada por causa da RV

Jogos poderão ter classificação etária modificada por causa da RV

Diretor do órgão de classificação etária da Europa diz que eles deverão fazer algumas mudanças para avaliar jogos que utilizem dispositivos de realidade virtual, principalmente o que trazem elementos de terror.

20/11/2015 às 14:30

outlast

O que mais tem deixado as pessoas empolgadas em relação a chegada da realidade virtual nos games é como essa tecnologia poderá aumentar consideravelmente a imersão, pelo menos na teoria fazendo com que o usuário de um HMD sinta-se como se estivesse dentro do mundo criado pelos estúdios.

Na verdade, essa imersão poderá ser tão grande que o órgão de classificação etária da Europa, o PEGI, está estudando alterar o seu método de avaliação, principalmente para os títulos que explorem elementos de terror e/ou medo.

O PEGI deverá examinar a próxima onda de produtos de RV usando o atual questionário, mas se reserva no direito de reavaliar alguns elementos,” explicou Dirk Bosmans, diretor de operações da entidade. “Mais especificamente, o critério em torno do medo (atualmente avaliado como PEGI 7) e horror (como uma assustadora imagem não-violenta, atualmente avaliada como PEGI 12) — uma vez que uma quantidade maior de produtos chegar ao mercado no próximo período de tempo.

A declaração vem pouco depois de Shuhei Yoshida, chefe do Sony Worldwide Studio, dizer que na Paris Games Week que certos games quando aproveitados com o PlayStation VR poderão causar algum trama nos jogadores e se a princípio o comentário foi encarado por alguns como uma forma de marketing, a preocupação do PEGI serve para mostrar que a realidade virtual é “coisa séria”.

Pois na minha opinião, essas pessoas não estão exagerando e mesmo sabendo se tratar de um extremo, peguemos como exemplo o Outlast. Se um jogo como este já é extremamente assustador quando jogado da maneira normal, imagine como o medo poderia ser potencializado ao utilizarmos um dispositivo de realidade virtual. Tudo bem, este é um título que já é recomendado apenas para adultos (corajosos), mas como uma criança pode se assustar até mais facilmente, acho justa a preocupação da indústria e dos órgãos responsáveis.

Fonte: MCV.

relacionados


Comentários