Meio Bit » Baú » Games » Jogadora fictícia de StarCraft II será personagem do Overwatch

Jogadora fictícia de StarCraft II será personagem do Overwatch

Blizzard revela nova personagem do Overwatch e surpreende por descrever a garota como uma ex-jogadora de StarCraft II.

02/11/2015 às 10:01

overwatch

Depois de passar quase duas décadas sem lançar uma propriedade intelectual inédita, a Blizzard iniciou há alguns dias o período de testes do seu novo jogo, o Overwatch e para ajudar a divulgar a produção, eles decidiram tomar uma atitude bem interessante.

Por se tratar de um jogo de ação voltado para as partidas multiplayer e que contará com uma grande variedade de heróis para controlarmos, o estúdio tem revelado aos poucos os personagens que estarão presentes no game e a mais nova delas se chamará Hana “D.Va” Song. O detalhe é a origem da heroína, veja só:

Aos 16 anos, D.Va se tornou a jogadora número 1 no mundo e prosseguiu invicta pelos próximos três anos em todas as competições,” diz a biografia da personagem no site do campeonato mundial de StarCraft II. “D.Va é uma estrela internacional, adorada por seus fãs em casa e no exterior, tendo excursionado em exibições por todo o mundo. Recentemente ela se distanciou das competições para focar no compromisso de proteger sua terra natal.

Como a história do Overwatch se passa no futuro, faz sentido a Blizzard utilizar uma jogadora fictícia de StarCraft II como personagem, embora não tenha ficado claro que tipo de habilidades ela terá e muitos estejam considerando a ideia um tanto forçada, acusando-a de ser uma tentativa de conquistar o público adolescente e como era de se esperar, o conceito já despertou a ira de alguns, que não conseguem imaginar como uma mulher poderia alcançar o topo do mundo no RTS. Pfff!

O fato é que a Blizzard parece ter feito uma jogada de mestre, criando um personagem com enorme potencial para agradar aqueles que militam a favor da igualdade de gêneros — mesmo que a intenção não tenha sido exatamente esta — além de chamar a atenção de todos aqueles que gostam de StarCraft II e/ou eSports no geral.

Porém, o que mais me agrada nesta história é a ideia de brincar com a metalinguagem, de ter um personagem que é jogador de outro game e que terá a oportunidade de ser um herói “de verdade”, algo que eu gostaria de ver ser utilizado mais vezes nos jogos eletrônicos.

Fonte: Blizzard Watch.

relacionados


Comentários